Formação

Palavras do monsenhor Jonas Abib no “Revolução Jesus” 2010

comshalom


"Desculpe interromper, Adriano, eu vinha acompanhando tudo pela televisão,tentei falar pelo telefone, mas não conseguimos e eu não me aguentei. O Felipeveio e me pegou de carro. Entre vocês todos aqui também além de uma geraçãonova eu trago um geração novíssima: vêm cá, meninas (filhas do Felipe Jardim).

Adriano é isso! Eu digo ‘sim’ a tudo isso que você disse durante a pregação, eeu quero dizer a cada um de vocês: É isso!

Um dia, em 1964, mês de julho, eu tive a graça do encontro pessoal com Jesus noEvangelho, depois já padre, alguém impôs as mãos sobre a minha cabeça para euser batizado no Espírito Santo, e o Senhor me enviou para realizar a obrad’Ele.

Hoje eu passo por uma situação difícil pessoalmente, mas eu sei que estou sendobarro nas mãos do oleiro, que o Senhor está forjando, então não estranhe não.Não estranhe porque fisicamente eu estou bem, mas estou passando agora por esse’vale escuro’. Mas estou com vocês, eu acompanho, eu também imponho as minhasmãos e digo agora: ‘Senhor, assim como pediram por mim, assim comorogaram por mim para que eu fosse batizado no Espírito Santo, igualmente,Senhor, eu vos digo: batiza, batiza, Senhor, cada um desses jovens, batiza,Senhor, esses adultos, batiza aqueles que estão aqui, batiza aqueles que estãovendo em casa, acompanhando pela internet ou por qualquer meio de comunicação,ou até mesmo ouvindo essa gravação, que você seja agora batizado no EspíritoSanto, cheio do Espírito Santo. Eu peço, Senhor, por todos aqueles que são jáadultos, casados que vieram e até deram testemunho aqui em cima. Eu trago tambémessa geração: a geração do Felipe, a geração da Pamela, da Polyana e da Paola(filhas do Felipe; foto abaixo), porque daqui a pouco, eles é que estarão nolugar de vocês, depois estarão no lugar do Adriano, depois estarão no meulugar.

Não é que precise ser padre [para isso], mas serão cristãos tão firmes como é oFelipe, que veio para a Canção Nova aos nove anos. Viveu aqui conosco, depoisele teve a iniciativa, ele veio falar para mim na cozinha (eu estava sentadolá) que ele não largava a Canção Nova por nada, e que ele ia para o noviciado(etapa de formação inicial da Canção Nova) e foi. Hoje está aqui, depois do pai(Eto) dele, é ele quem rege tudo que vocês veem aqui.

Realmente o Senhor faz maravilhas e escolheu os pobres, e por isso, a minh’almaengrandece o Senhor e exulta o meu espírito em Deus salvador, porque o Senhorfez em mim maravilhas.

Diga comigo: O Senhor fez em mim maravilhas. Eu reconheço, oSenhor fez uma obra em mim, uma obra de misericórdia, mas ao mesmo tempomaravilhosa, não serei mais o mesmo. Jesus já mudou o meu coração e agora naprática, no concreto, eu vou viver isso. Sim, eu não pararei aqui não! Eu voupara a prática em qualquer lugar, onde eu precise estar eu vou ser testemunha evou levar com a minha vida essa grande graça.

Gente, eu quero dizer agora, assim pessoalmente: você é ‘revoluçãoJesus!’ Você não vê uma ‘revolução Jesus’, você é ‘revolução Jesus’! E Jesusconfia em você, você é, você é. Se você está firme, se você diz que ‘sim’, eudigo e você repete: Eu sou geração nova, eu sou ‘revolução Jesus’.

Eu quero três vezes: Eu sou ‘revolução Jesus’, eu sou ‘revolução Jesus’, eu sou’revolução Jesus’! Aplauda o Senhor, aplauda o Senhor! E eu digo: nosmeus 74 anos, eu sou ‘revolução Jesus’!.

Vocês Shalom, desde o comecinho quando aqui era uma lanchonete, eu conhecia econheci tudo. Várias vezes Moisés me consultou, aliás o primeiro estatuto devocês, o Moisés fez na minha casa em Queluz (SP), sentadinho lá naqueleescritório. Eu via o que ele estava fazendo, eu digo assim: nós somos cúmplicesde uma ‘revolução Jesus’!. Obrigado, continuem animando. Eu queria dizer: levepara eles, leve para o Moisés, leve para Emir, leve para os seus colegas essaresolução: eu sou ‘revolução Jesus’, já vinha sendo, mas agora, mais do quenunca eu quero ser ‘revolução Jesus’. Por favor, agora vocês peguem nomicrofone de novo, retomem o canto em que vocês estavam, é preciso terminar dessejeito. Estou emocionado! Vocês não estranhem, mas eu só podia terminar essemomento dessa forma. Deus lhes pague, valeu! (Missionário Shalom canta:"Um novo amor").

Eu tenho a certeza de que a Polyana foi cheia do Espírito Santo desde o ventreda sua mãe, Paula. A Paula [Ana Paula Guimarães]que está com vocês na televisãosempre. Desde o tempo em que a Polyana estava no ventre dela, ela estavabatizada no Espírito Santo, e nós temos também que dar agora a nossa parte paraque depois, como ondas concêntricas, como uma pedra jogada no meio do lago,isso vá atingindo todas essas idades, atinja a Pamela, atinga a Polyana eatinga a Paola. Se ela (Polyana) pudesse ela daria também a sua mensagem, já,já ela fala, só falta falar, ela entendeu tudo, só falta falar.

E agora uma grande salva de palmas para Aquele que é a causa de tudo isso:Jesus o Senhor, Jesus o Salvador”.

Monsenhor Jonas conclui dando a bênção e em seguida proclamou com os jovens:“Quem como Deus? Quem como Deus? Quem como Deus?"


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *