Igreja

Papa envia mensagem à Arquidiocese de Belém por ocasião do Círio de Nazaré

Segundo a arquidiocese, a festa será sem as procissões e sem a tradicional caminhada dos fiéis pelas ruas históricas de Belém, mas será forte nos corações e lares dos paraenses e de centenas de milhares de devotos espalhadas pelo mundo.

Foto: Divulgação

O segundo domingo do mês de outubro, dia 11, é uma data especial para o povo paraense. É quando Belém do Pará festeja o Círio de Nazaré. Este ano, a 228ª edição vai ser diferente por causa das restrições sanitárias impostas pela pandemia da Covid-19.

Segundo a arquidiocese, a festa será sem as procissões e sem a tradicional caminhada dos fiéis pelas ruas históricas de Belém, mas será forte nos corações e lares dos paraenses e de milhares de devotos espalhados pelo mundo.

Diante dessa realidade, o Papa Francisco, por meio da Nunciatura Apostólica no Brasil, enviou uma mensagem à Arquidiocese de Belém do Pará e aos fiéis devotos de Nossa Senhora de Nazaré em todo o Brasil.

Na carta, o Santo Padre convida o povo a levantar o “olhar para Maria, a Mãe que Cristo nos deixou” e a rezar pelo fim do sofrimento do mundo e para que todas as famílias mergulhadas no sofrimento possam encontrar o consolo e a paz.

Ao final, o Papa concedeu sua Bênção Apostólica e pediu aos fiéis para que não deixem de rezar por ele.

O Círio

O Círio é o momento para entender o mistério do “sim” de Maria, um dos eventos fundamentais para a Igreja, que convida multidões à comunhão com Jesus. As manifestações marianas estão espalhadas pelo mundo com o propósito  de anunciar o Evangelho. Entre as manifestações está o Círio, a festa da Rainha da Amazônia, padroeira dos paraenses, celebrada desde o dia 8 de setembro de 1793, passando a ser realizado no segundo domingo de outubro a partir de 1901.

Este ano, o Círio será diferente, sem as procissões e os fiéis caminhando nas ruas históricas de Belém, e claro, seguindo todos os protocolos de segurança e, também, possibilitando ao máximo que todos vivam a sua devoção.

Leia a mensagem na íntegra:

Excelentíssimo e Reverendíssimo
Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo de Belém do Pará

Ao celebrar-se as festividades do Círio de Nazaré, o Papa Francisco envia uma calorosa saudação a todos os devotos de Nossa Senhora que, neste ano marcado por numerosos desafios e tribulações, recorrem a Santa Mãe de Deus refugiando-se sob a sua materna proteção. No meio desta pandemia que causa tanta aflição e transtorno, impedindo inclusive que se realize a tradicional procissão do Círio, o Santo Padre convida a levantar o “olhar para Maria, a Mãe que Cristo nos deixou” e que “embora seja única Mãe de todos, manifesta-Se de distintas maneiras na Amazônia” (Exort. Apost. Querida Amazônia, 111), pedindo-Lhe que interceda junto ao seu divino Filho a fim de que esta dura prova termine e todas as famílias mergulhadas no sofrimento possam encontrar o consolo e a paz.

Além disso, seguindo o exemplo da Virgem de Nazaré, que nunca esmoreceu perante as dificuldades, todos batizados não deixem diminuir o ardor missionário, certos de que, “para quantos encontraram (Jesus Cristo), vivem na sua amizade e se identificam com a sua mensagem, é inevitável falar d’Ele e levar aos outros a sua proposta de vida nova: “Ai de mim, se eu não evangelizar” (1 Cor 9, 16) (Ibid., 62). E para confirmar tais votos e orações o Papa Francisco lhes concede a Bênção Apostólica, pedindo também que, por favor, não deixem de rezar por ele.

Cardeal Pietro Parolin
Secretário de Estado da Santa Sé

Unindo-me aos votos do Santo Padre e assegurando minhas orações, envio-lhe cordiais saudações.

Giovanni d’Aniello
Núncio Apostólico


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *