Igreja

Papa Francisco: o trabalho é caminho de santificação

Em sua catequese sobre São José, Francisco reforçou o sentido sobrenatural do exercício profissional e rezou pelas pessoas que vivem o drama do desemprego.

comshalom

Continuando a catequese sobre São José, o Papa Francisco meditou na última semana sobre o valor do trabalho. O Pontífice lembrou que a pandemia gerou desemprego em diversos países e o drama da falta de trabalho atingiu muitas famílias. Em sua meditação, Francisco reforçou que o trabalho é essencial para a vida humana.

>> Acompanhe a Comunidade Shalom no YouTube

“É também do caminho da santificação. O trabalho não é apenas um meio de ganhar a vida: é também um lugar onde nos expressamos, nos sentimos úteis e aprendemos a grande lição da realidade, o que ajuda a vida espiritual a não se tornar espiritualismo”, disse. 

Francisco questionou o espírito com que executamos nossas atividades laborais diárias, se como forma de serviço aos outros ou só a si próprio. “Com efeito, o trabalho é um modo de expressar a nossa personalidade, que é relacional por natureza. O trabalho é inclusive um modo para exprimir a nossa criatividade: cada um desempenha o trabalho à sua maneira, com o próprio estilo; o mesmo trabalho mas com estilo diverso”.

Recuperar o valor do trabalho

Francisco também interpelou os cristãos a buscarem resgatar a dignidade do trabalho. “Hoje devemos perguntar-nos o que podemos fazer para recuperar o valor do trabalho; e que contribuição podemos, como Igreja, oferecer para que ele possa ser resgatado da lógica do mero lucro e possa ser experimentado como direito e dever fundamental da pessoa, que exprime e incrementa a sua dignidade”.

Leia também: Oração do Papa pelos trabalhadores e pelo trabalho


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *