Institucional

#PapoReto: Quem tem coragem de assumir riscos?

comshalom

#PapoReto – “É preciso ir contra a corrente.”

É a nova coluna do Portal comshalom.org em Aracaju, nesse espaço esporadicamente vamos tocar de forma simples e direta em assuntos relevantes, sempre interligando o Evangelho aos jovens, às famílias e à sociedade em geral. A autoria dessa coluna é do Igor Rezende, membro da Comunidade de Aliança Shalom, em Aracaju.

Acompanhe esse primeiro roteiro:

“Eu o conheço, venho de junto dele, foi ele quem me enviou” (Jo 7, 29)

1-Papo retoQuem tem coragem de assumir riscos? Parece propaganda pra quem gosta de praticar esportes radicais, mas garanto que a aventura é maior e como diz a máxima: ‘se maior o risco mais adrenalina!’ Quem embarcar nessa verá que sua vida irá mudar.

Risco: Como se aproximar de uma pessoa que é interessante, que desperta algo em você e ao mesmo tempo fica como de bobo, fazendo hora, imaginando se, … se liga! Ou tem coragem de ir ou irá ficar só na imaginação! Tem que correr o risco. Quando se ama, corresse o risco. O risco, digamos, vale à pena.

Veja Jesus, quanto risco ele não correu por amar o Pai? Por que amava, se arriscava, sabia que na Judéia o pessoal já estava meio que saturado de suas palavras, seu comportamento os incomodava, e tudo que Jesus fazia era revelar o amor do Pai, mostrar que Deus é Pai e um Pai de amor. Se fosse nos dias de hoje, não seria diferente. Se você diz que é Cristão, já fazem cara feia, pode até ser decapitado! Quando marca posição quanto alguma polêmica onde precisa fazer escolhas a partir de sua moral, por exemplo, ser contra o aborto! Vão dizer um milhão de coisas, vão considerá-lo retrógrado, antiquado, argumentar que os tempos são outros, e por isso e muito mais você é mal visto, “ingênuo, um tolo”.

É verdade que isso poderia ser motivo de barrar aquilo que um dia conhecemos tão bem, e guardar para não incomodar e nem ser incomodado. Besteira! Jesus, mesmo sabendo que indo a ‘tal festa das Tendas’, os judeus queriam vê-lo morto, Ele vai do mesmo jeito e não fica no escondido não, mostra a cara.

Tenhamos coragem de testemunhar a Cristo no mundo de hoje, no trabalho, na família, nas ruas, nas redes sociais. Foi para isso que Ele nos enviou. Se digo que o conheço, se vivo junto dele na missa, na oração pessoal, no grupo de jovens, então assumamos os riscos de ir aos lugares mais inusitados, sem medo de ser perseguido e tudo mais. Quanto mais digo que o amo, mais devo me arriscar! Amém! Shalom!

 Igor Rezende Santos


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *