Shalom

Projeto Mundo Novo: Estais conscientes de que sois poetas deste mundo para criar coisas novas e belas?

O projeto Mundo Novo é um projeto Missionário. Nós somos chamados por Deus, formados nos grupos de oração, nós somos acompanhados para ser missionários no mundo porque nós temos a missão, na obra shalom, de construir um mundo novo

comshalom

Neste final de semana (11 e 12/11), membros do Projeto Mundo Novo (PMN), da Comunidade Católica Shalom, participaram do tradicional Congresso realizado todos os anos, em Fortaleza. O encontro de 2017, que aconteceu no Hotel Vila Galé, na Praia do Futuro, teve como pregadores os fundadores da Comunidade Moyses Azevedo e Emmir Nogueira, além do Padre Cristiano Pinheiro, direto de Roma. Integrantes do Projeto Mundo de Novo, de outras missões, em outros estados brasileiros, também participaram do evento.

O tema escolhido para este ano “Tempo de Graça: O que tens Feito?” foi por ocasião dos 35 anos de fundação da Comunidade Católica Shalom. A proposta foi um convite a reviver uma experiência com o primeiro amor e a partir daí desfrutar deste tempo que o Senhor nos oferece. Nos dois dias de evento, a programação reuniu louvor, pregação e celebrações eucarísticas.

A abertura do encontro foi com a presença de Emmir Nogueira onde ela falou sobre Maria, que é aquela que administra todas as riquezas do céu e quem dá a vitória na batalha espiritual. “Há uma guerra permanentemente travada no mundo espiritual, entre os anjos e demônios. E as consequências se abrem sobre nós. Tudo o que a sociedade vive hoje é um reflexo disso. Como cristãos, batizados, nós não estamos desassistidos. Devemos chamar Nossa Senhora e ela vem em nosso auxílio. Maria é a vencedora de todas as batalhas interiores, na sociedade e as espirituais. Tolo é quem não recorre a ela. Na batalha que você está, agora, vivendo reze o terço, que você vencerá essa batalha”.

O segundo dia do Congresso começou o fundador Moyses Azevedo. Quatro membros da obra, uma juíza de direito, um deputado estadual, um empresário e uma médica, que fazem parte do PMN, fizeram perguntas ao Moyses como: O que ele considera um tempo de graça? A graça de Deus precisa da colaboração e participação humana? Qual a inspiração do Projeto Mundo Novo e como o projeto pode atingir cada vez mais pessoas? E qual a mensagem do fundador para o Projeto Mundo Novo?

Foi relembrando a convenção dos 35 anos da Comunidade celebrada, na Itália, que Moyses iniciou sua pregação. Ele apresentou um álbum recordando o encontro com o Papa Francisco e falou, para os presentes, da mensagem do Santo Padre, destinada a Comunidade Shalom, de nós sairmos de si mesmo pela oração, pela fraternidade e pela evangelização.  “Não tenha medo de evangelizar, onde você vive, no seu trabalho, porque homens e mulheres estão famintos de Deus. Mesmo que eles não saibam. Mesmo que eles digam que não estão. Não desista de evangelizar ninguém, porque Deus não desistiu de você”.

O congresso do Projeto Mundo Novo foi encerrado com a participação especial do Padre Cristiano Pinheiro. O sacerdote explicou que Deus é a total gratuidade e que devemos fazer tudo por gratidão.

“Vocês estão conscientes de que foram constituídos poetas para criar um mundo novo? Poetas neste mundo para criar coias novas e belas? Existem coisas que só os construtores da sociedade podem fazer. Existem coisas que só aqueles que estão inseridos no mundo do trabalho podem fazer. Tem poesias que os padres não podem compor, tem poesias que os missionários da Comunidade de Vida não podem compor, tem maneiras de amar a Deus, de glorificar seu nome e salvar as almas, que os consagrados os celibatários não podem fazer. Há poesias, impactos no mundo, há melodias que o mundo precisa escutar. Há uma melodia de salvação, uma mão salvadora que só pode alcançar o mundo através do mundo trabalho, das famílias, daqueles que estão inseridos na sociedade, que como uma resposta de gratidão querem construir um monumento para a glória de Deus.

Às vezes somos uma água parada que não nos colocamos no jogo. O projeto Mundo Novo é um projeto Missionário. Nós somos chamados por Deus, formados nos grupos de oração, nós somos acompanhados para ser missionários no mundo porque nós temos a missão, na obra shalom, de construir um mundo novo. Dentro da comunidade de vida eu tenho a missão de transbordar uma vida de contemplação, unidade e evangelização. Também trabalho todos os dias, mas tenho que dedicar mais tempo a minha vida fraterna… Eu tenho uma maneira de manifestar a graça de Deus no mundo, Mas é você quem transforma a sociedade. A gente pode até ser um coração que pulsa e reza, mas você é as mãos que toca a realidade e que pode transformar a realidade? Estais conscientes de que sois poetas deste mundo chamados a compor melodias novas e belas, rimas novas e belas, obras novas e belas neste mundo?

O que Deus fez no teu coração e qual a resposta de gratidão que você vai dar? A nossa gratidão nos leva a agir, a nossa gratidão nos leva a nos comprometer, nos torna missionários. Nós somos o Mar da Galiléia que recebemos muito para dar muito. Você reconhece que Deus deu muito a você nesse congresso? E o que você fazer com isso? Qual sua resposta de gratidão? Qual teu engajamento na evangelização no Mundo?

 

Verônica Melo


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *