Institucional

“Quando Deus fala à Comunidade, Ele fala a mim”

comshalom


 Retiro da Grande Comunidade reuniu todos os membros da Comunidade Shalom consagrados, da Comunidade de Aliança e da Comunidade de Vida. 


Tendo como tema: “35 anos, tempo de graça”, o retiro foi iniciado com pregação do Padre Silvio Scopel, assistente local da Comunidade, na cidade de Fortaleza. O conteúdo do retiro é todo extraído do retiro de escuta do Conselho Geral, da Comunidade Shalom. Todos os anos, o Conselho Geral da Comunidade, reúne-se de 4 a 5 dias para escutar a voz de Deus. Dentre algumas das atribuições do referido conselho, são: abertura de novas missões, discernimentos para promessas temporárias e definitivas. Mas a atribuição mais importante se refere à escuta de Deus para a Comunidade em geral.

“Quando Deus fala à Comunidade, Deus fala a mim” 

Essa foi uma das frases que iniciaram a pregação do Padre Silvio, no início da manhã. A Comunidade, como conselho, se reúne para escutar a Deus, não para si mesmo, mas para todos os membros. O pregador foi enfático e preciso ao dizer “Quando Deus fala à Comunidade, Deus fala a mim”. E foi esse o exato sentimento de cada consagrado presente, aquilo que é revelado às autoridades, é direcionado por Deus a cada um de seus membros.

35 anos, tempo de Graça

Neste ano, a Comunidade Shalom celebra 35 anos de fundação. Uma das palavras de sabedoria dirigidas no Conselho de Escuta foi “Deus está nos presenteando com Sua graça.”. 35 anos é a idade da “adultice juvenil”, é a idade de um adulto jovem. Analogamente a um matrimônio, a Comunidade fará suas “bodas de coral”. Buscando a etimologia da palavra coral, Pe. Silvio Scopel nos indica o significado como “amadurecimento e fortificação do casamento. Então, Deus “deseja reforçar o sentimento e a promessa de união, o amor e a união.”

Voz de Deus 

Em três momentos, o pregador frisou pontos importantes motivados por Deus a toda a Comunidade Shalom. Primeiramente, “Espírito Santo paira sobre nós”, foi uma das moções do Retiro de Escuta, onde o Senhor conduzia todos os membros a refletir sobre a necessidade de não se acomodar nas obras que Deus já fez, mas atentos ao risco de ser gerado orgulho e tomar posse do que não é nosso; como diria São Francisco:

“Queridos irmãos, comecemos tudo de novo, porque até agora, pouco ou nada fizemos.”

Aprofundando a pregação, o Pe Silvio menciona o segundo ponto, “O Senhor deseja imprimir Seu rosto em nós.“, nos convidando, o Senhor, a não resistirmos à Graça de Deus, àquilo que somos chamados a ser e a fazer. Porque o que nos impede não é o cansaço, o acúmulo de atividades, mas as resistências à vontade de Deus.

Finalmente, referindo-se ao terceiro ponto, “A Graça de Deus”, o Senhor pedia a toda a Comunidade a se agarrar na Graça de Deus, na força de Deus, porque “se trabalhamos sem a graça, trabalhamos no plano temporal.”

Assim, como tempo da graça, tempo de 35 anos, toda a Comunidade Shalom, como cristãos e consagrados, o Senhor chama ao despojamento, diz Seu desejo de recriação, a necessidade da fé e docilidade de Abraão; querendo dar asas de santidade, asas de quem está sobre a mundanidade, dando a todos vôos de águias.

Aos consagrados, asas e vôos de águia, em vista do céu!

 

Comunicação Fortaleza

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *