Mundo

“Quem tem boca vai a Roma”

Hoje, 13 de junho, é comemorado o Dia do Turista. Para celebrar a data e homenagear as pessoas que gostam de viajar e conhecer diferentes lugares, seja no Brasil ou ao redor do mundo, o portal comshalom preparou algumas dicas importantes para que os viajantes e peregrinos, rumo a Convenção Shalom 35 anos, que acontece em Roma de 03 a 10 de setembro, evite alguns aborrecimentos durante seu passeio.

Opte pelo analógico

Indo em grupo, pacote, mochileiro, com amigos ou sozinho, jamais descarte a possibilidade de se perder. Roma é uma das cidades mais procuradas por turistas do mundo inteiro por sua beleza e riqueza de patrimônios históricos, portanto, a quantidade de gente indo e vindo nos pontos turísticos ou no metrô é quase um caos. Tenha sempre consigo o cartão do hotel ou do local onde você está hospedado, com endereço e telefone ou anote em um papel, assim caso se perca, porque ficou encantado tirando selfies na Fontana di Trevi, não corre o risco de dormir no banco da praça. Opte pelo analógico.

Sanduíche x Massas

De acordo com os costumes italianos, dos pratos: antipasto (entrada), primi piatti (primeiro prato), secondi piatti (segundo prato) e sobremesas, existe a opção de massas frescas, como as tradicionais alla carbonara e all’arrabbiata, além das famosas pizzas da culinária italiana, assadas em forno à lenha. Em média, uma refeição em restaurantes custa entre €12,00/ €16,00 (Almoço menu turístico) a €25,00/ €32,00 um jantar em trattorias. Uma dica é analisar o cardápio na porta do restaurante. Porém, na hora da fome, cansado e com poucos euros no bolso, uma passadinha no supermercado, vale muito à pena no quesito custo benefício ou o tradicional sanduba do Menu do Mc Donald’s: €1,00 a €7,00. O sorvete italiano é inesquecível!

A Pizza al taglio é o lanche preferido dos romanos e uma ótima opção para comer super bem e gastar pouco.

Táxi, metrô ou ônibus

O uso de cada tipo de transporte vai depender de onde você está hospedado, como você chegará na cidade e quais são os seus principais pontos de interesse para visitar. Existem várias opções de se locomover em Roma, confira as dicas:

– BIT– custa 1,50 Euro e vale por 100 minutos a partir da validação. Através dele você pode fazer números ilimitados de viagem de ônibus e bonde + uma viagem de metrô.

– BIG – custa 6 Euros e dura um dia inteiro a partir da validação. Através dele você pode fazer números ilimitados de viagem de ônibus, bonde e metrô.

– BTI (biglietto turístico integrato) – custa 18 euros e dura 3 dias inteiros a partir da validação. Através dele você pode fazer números ilimitados de viagem de ônibus, bonde e metrô.

– CIS (carta integrata settimanale) – custa 24 Euros e dura 7 dias a partir da validação. Através dele você pode fazer números ilimitados de viagem de ônibus, bonde e metrô.

Os bilhetes para o transporte público de Roma podem ser comprados nos guichês das estações de metrô

Importante: depois de entrar no ônibus/tram (bondes), não há nenhum cobrador e o motorista não irá pedir o seu bilhete. Porém, você precisa validar o seu bilhete nas máquinas amarelas. Esta validação possui o dia e o local e é a maneira que os fiscais usam para saber quando você começou a utilizar o transporte público em Roma. Não se arrisque, caso não tenha validado, a multa é caríssima.

Horário de Funcionamento do Transporte Público em Roma: 

Metro: 05h30min até às 23h30min todos os dias da semana. Nas sextas e sábados o metrô vai até 1h30min
Ônibus: 05h30min até às 0h

Normalmente se diz que os táxis em Roma são muito caros e que os taxistas sempre tentam enganar os clientes. Embora esse assunto sempre provoque polêmica, muitas vezes isso aconteceSe você pegar nos pontos ou algum táxi em circulação, o taxímetro parte de 3,50 euros se for de dia, e 6,50 se for horário noturno (das 22:00 as 06:00). Fique de olho!

Detalhes

É importante antes de viajar para a Convenção Shalom, verificar data e horários dos voos, passaporte em dia, euros, o traslado até o hotel ou o local de hospedagem. Não esqueça de fazer a inscrição do evento, pois o seu crachá será também o seu acesso em algumas programações.

Na cotação de hoje, 1€ (um euro) tá valendo R$ 3,696

Mas, aos turistas uma última dica: quem converte, não se diverte!

Angela Barroso


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *