Institucional

Queremos caminhar para a santidade em família

Família Teixeira – Shalom Setúbal

Confira testemunho* enviado pela Missão da Comunidade Católica Shalom em Setúbal, Portugal:

Até cerca de um ano e meio atrás, apesar de nos considerarmos católicos, éramos dotados de uma Fé medíocre e sem qualquer compromisso com Deus. Nem sempre rezávamos e raramente íamos à missa pois achávamos que tal era incompatível com todas as tarefas de um casal, em que ambos trabalham e que no fim do dia ainda têm dois filhos pequenos para cuidar.

Quis a divina providência que, em julho de 2013 fizéssemos, em casal, um Seminário de Vida no Espírito Santo, na Comunidade Católica Shalom da Diocese de Setúbal, em Portugal. A partir de então, nossa vida teve uma mudança de 180 graus.

Após o seminário, começamos a frequentar aos sábados, na paróquia do Seixal (a 40 km de nossa casa), o grupo de oração do Shalom. Inicialmente deixávamos os meninos com a avó, mas depois optamos por levar também os meninos para o grupo de oração e passamos a estar todos juntos no mesmo caminho de santidade.

Com o tempo, optamos por dar mais um passo no nosso caminho para a santidade em família: levar os nossos filhos conosco à missa. Os primeiros tempos foram difíceis e chegamos a ter que nos ausentar durante uns momentos a meio da celebração ao som de sonoras birras, mas com muita perseverança da nossa parte, os meninos começaram a se habituar e neste momento ir à missa semanalmente já é algo que faz parte das suas rotinas.

Enquanto fazíamos a nossa caminhada na Obra Shalom, os nosso filhos começaram a fazer também a sua caminhada como Shalom Kids, passando para eles ser perfeitamente normal estar a brincar com outras crianças enquanto à sua frente os pais, no grupo de oração, rezam, cantam, dançam, louvam  e oram em línguas.

De forma a rentabilizarmos o nosso escasso tempo, para conseguirmos fazer alguns momentos de oração familiar durante as nossas rotinas diárias, gravamos um CD com algumas orações, para ouvirmos no carro.  De manhã, enquanto levamos os meninos para a escola, eles já sabem que vão ouvir a “Couraça de São Patrício” na voz do padre Antonio Furtado da Comunidade Shalom. Nas deslocações mais longas, eles já acham normal ouvir o terço ou o ofício da Imaculada Conceição.

Inspirados numa família amiga (família Power: fundadores do Movimento português das Famílias de Canã), criamos em nossa casa o nosso cantinho da oração. Nesse local, fizemos um pequeno altar e à sua frente rezamos em família todos os dias antes de deitarmos os meninos. Tentamos fazer da nossa oração familiar um agradável momento de confraternização: em primeiro lugar lemos às crianças uma pequena história bíblica das suas bíblias infantis o que nos permite ensinar-lhes a palavra de Deus de uma forma divertida. Em seguida, rezamos com as crianças algumas breves orações. No fim temos um momento mais lúdico onde cantamos e dançamos algumas músicas católicas infantis, ou fazemos desenhos relacionados com Deus. Se antes não rezávamos com as crianças, neste momento a oração em família passou a ser algo natural da nossa rotina familiar e passou a ser o momento do dia preferido dos nossos filhos!

Ao deitarmos os meninos, ensinamos-lhes também a pedirem a bênção ao pai e à mãe e também a rezarem conosco a oração do anjo da guarda.

Como casal, também tentamos viver ao máximo o casamento segundo a vontade de Deus, para além de termos alguns momentos de oração a dois, em termos de planeamento familiar substituímos a pílula pelo Método Billings.

Periodicamente, reunimos com outros membros da nossa família e rezamos juntos a oração “Beraká”, que é um rito de oração familiar da Comunidade Católica Shalom, onde se reza, se louva e se faz uma uma “Lectio divina” em família.

Apesar de almejarmos o caminho para a santidade em família, temos noção de que ainda temos muito que trilhar até lá chegar. Sabemos que ainda temos muitas falhas como pais e como esposos, mas também temos consciência de que o caminho da santidade é mesmo este: reconhecer os nossos erros e lutar diariamente contra eles.

Em termos de evangelização temos como objectivo dar de graça o que de graça recebemos, pelo que ficaríamos muito felizes em ajudar outras famílias a também elas seguirem os seus caminhos de santidade em família movidos pelo Espírito Santo através do Carisma Shalom.

 

Família Teixeira – Shalom Setúbal/Portugal

*Mantida a escrita segundo as normas do português luso.