Shalom

Renascer com uma direção nova

comshalom

Durante esse período de carnaval a gente vê de tudo: fantasias, muito brilho, glitter, músicas que não saem da cabeça. Talvez tenha sido a escolha de muita gente ter vivenciado um carnaval com os hits do momento, com o que o meio secular oferece, mas pode não ter sido a escolha mais saudável, o ambiente mais favorável.

Quão bom seria se as nossas ‘histórias de outros carnavais’ fossem marcadas somente por: “conheci o verdadeiro amor, a verdadeira alegria, e não é algo clichê, é algo palpável e real”. Bom, não foram todos que puderam sentir esse amor tão grande, mas foram muitos que tiveram uma semente plantada e que poderá germinar pela humanidade. O Renascer, retiro no período de carnaval feito pela Comunidade Shalom em todo Brasil, foi uma oportunidade de começar de novo, de realmente renascer com uma nova direção.

Nestes tempos de jornalismo no Renascer, tenho visto muitas vidas transformadas. Histórias que foram retratadas em textos, fotos, posts, mas principalmente que me marcaram… Como um jovem que perdeu a viagem que faria e foi ao Renascer quase “obrigado” e teve uma experiência que muda sua vida até hoje, ou o namorado que foi para “agradar” a namorada e encontrou seu lugar na Igreja ou ainda aquela jornalista que ia apenas trabalhar cobrindo os retiros de Carnaval e chegou “por coincidência” no dia da efusão do Seminário de Vida no Espírito Santo… Histórias que não cabem em um papel, mas preenchem muitas páginas das vidas de quem já teve a oportunidade de viver a alegria que não acaba na quarta-feira de cinzas.

Ah, nós também teremos histórias para contar de ‘outros carnavais’, sabe quais? Em 2016 a gente começou uma vida toda nova, em 2017, por exemplo, a gente provou de uma alegria incomparável, entre outras, mas em 2018 a gente viu que PARA DEUS NADA É IMPOSSÍVEL.

O caminho é longo, a semente precisa ser regada para render frutos, mas o jardineiro, o próprio Jesus, se encarrega de a cada instante está por perto para conferir o crescimento dessa muda.

Pessoas de várias cidades do país, dos lugares mais afastados, mais quietos e que muitas vezes o barulho do carnaval fomos nós que fizemos… ouviram e viram maravilhas feitas pelo Senhor. De cidades praianas, serranas, no sertão, na mata, onde quer que seja, lá estivemos para anunciar, para proclamar a paz que vem de Deus.

Nosso paredão estava no máximo, nossa oferta é em vista daquele que não conhece a Deus.

Muita gente que não sabia a coreografia vai sair dançando, quem desafina vai sair cantando e não é um milagre não (pode ser que seja), mas é a liberdade dos filhos de Deus. Renascer, sem dúvida é uma direção nova.

Mateus Ferreira e Teresa Fernandes


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *