Institucional

Retiro de Carnaval não é descanso

comshalom

Acho tão engraçado que, ao contar que vou para um Retiro em pleno Carnaval, muitas pessoas que  utilizam o feriado para descansar se identificam automaticamente. “É isso mesmo. Detesto Carnaval. Quero descanso!”. Entretanto, dentro de mim, eu grito: “Não! Não é isso! Não mesmo! Eu não vou para me retirar da vida, eu vou, simplesmente, mergulhar nela com intensidade. Viver com grande alegria a oferta de mim mesmo para que  todos os dias do ano sejam plenos de Cristo e Sua Igreja”.

O católico não tem os mesmos  motivos e opiniões de quem vai aproveitar, muitas vezes, para relaxar no feriadão. Relaxar como? Será que o Coração de Jesus está “aproveitando” para descansar diante da gritante angústia no qual a maioria da população parece mergulhada? A Providência Divina nos deu estes três dias  para um mergulho intenso na misericórdia, para sem descanso anunciar a Alegria que não passa. Para que nosso coração  pulse intensamente em movimentos de misericórdia. Um coração assim é intensamente alegre.

Deus no Carnaval não tem descanso, não “relaxa”, não se isola! Ele se dá, se oferta,  Ele está lá, em todos os corações, sorrindo com quem sorri na Verdade  e chorando com quem está no Carnaval literalmente se “acabando”. Por falar em se acabar…Se acabar? Não! Para quê se a-ca-bar? Que ser humano plenamente feliz quer “se acabar”? Deus quer sim, acabar com a nossa  tristeza, com  a nossa angústia, com o nosso desânimo!  Ele é o começo, aliás, o recomeçar de toda a vida e ela é fruto de um alegre encontro com a Sua misericórdia.

Uma das  pregadoras do Reviver nos lembrou algo muito importante: “É uma expressão de caridade se alegrar com quem se alegra e chorar com quem chora. Ser capaz de sair de si e festejar o que acontece na vida do outro, mesmo que não aconteça na minha”. O católico, amigo do Bom Deus, não está descansando no Carnaval. Ele pode não estar virando madrugadas nos blocos, mas está ocupado, ocupadíssimo com a salvação das almas filhas deste Grande Amigo. E faz ou deveria estar  fazendo isso com imensa alegria.

Retiro é para descanso e ou fechamento dos cristãos em um redoma? Jamais! Isto é um paradigma que precisa ser quebrado! Não estamos fechados nos retiros, “ensimesmados”. Estamos abertos para abraçar a vida com intensidade! E vida eterna! Sempre para fora, sempre para o outro, nunca só para nós. É para o outro, o Jesus Cristo que aqui está,  em mim habita e nos enche a todos de misericórdia!

Aqui no Reviver Rio não tem ninguém parado, fugindo do mundão. Aqui estamos todos correndo para aproveitar cada segundo. Estamos cantando, dançando, buscando conversão, rezando uns pelos outros, intercedendo pelos que sofrem as angústias de uma doença física ou espiritual, cuidando das crianças no “Reviverzinho”, cozinhando o almoço do público. Doando-nos, gastando-nos, sorrindo com quem sorri na animação, chorando com quem chora no serviço de aconselhamento. Estamos aqui super, hiper, ultra ATIVOS! Pular o Carnaval do mundo? Só se for para fora dele! Aqui há mais e verdadeira alegria!

Que grande alegria é viver para se doar no Carnaval! Que imensa misericórdia é amar os que aqui estão e convidar os que ainda não a experimentaram! Vivendo intensamente cada momento. Neste Carnaval, se for para beber, que seja das graças. Se for para mergulhar no prazer que seja o fruto de uma experiência  com o Amor de Deus. E, se for para ficar inebriado, que seja da Alegria que jamais passará, permanecerá e  nos fará ir muito além de nós mesmos. É no Amor incondicional a Jesus Cristo e apaixonado pela salvação de todos que desfrutaremos profundamente da alegria de se viver na Misericórdia do Senhor.

 

Por Hannele Boell


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *