Shalom

Retiro de Semana Santa

Pregador: Pe. Jardesson Carvalho Foto: Missão Cruzeiro do Sul

A missão de Cruzeiro do Sul realizou nestes dias o Retiro de Semana Santa, onde a obra pode aprofundar através de pregações e formações no mistério que é a Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo. Também teve momento de oração e celebração, onde todos puderam ter a experiência de uma nova obra de conversão através da Páscoa do Nosso Senhor. Confira na matéria o que Pe. Jardesson Carvalho falou sobre a Semana Santa, e alguns testemunhos de pessoas da comunidade e da obra Shalom.

Foto: Missão Cruzeiro do Sul
Foto: Missão Cruzeiro do Sul
Foto: Missão Cruzeiro do Sul
Foto: Missão Cruzeiro do Sul

“A Semana Santa que como o nome já diz é Santa. Em especial os três últimos dias, a quinta, a sexta e o sábado Santo, que é o combustível na vida do cristão, e que o mantém funcionando, sustentado pelo resto do ano. São os momentos fundamentais da nossa fé onde celebramos a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. Podemos celebrar cada missa com o significado inteiro desse dia. É dividido em três dias porque é um mistério tão grande que nós não podemos contemplar em um só momento. Relembrar que Jesus veio ao mundo para nos salvar. O que Jesus deseja com isso tudo? Renovar nossa esperança, o nosso olhar por um futuro melhor, de que não importa quais sejam as situações difíceis pela qual estamos passando, as trevas que estejam nos cobrindo e impedindo de olhar por um mundo melhor. Significa que Jesus quer que a gente vá tirando tudo isso do meio de nós. E vamos nos revestindo de esperança que é uma virtude, um dom de Deus, para olhar e construir um mundo novo. A esperança que não é de acomodação, não é simplesmente esperar, mas é uma postura. Viver uma esperança onde nós trabalhamos na certeza de um mundo melhor, e este mundo é o Reino de Deus, onde nós entramos pelo nosso batismo. É tempo de viver esse batismo em profundidade. E hoje no sábado Santo nós nos preparamos também para renovar nossas promessas batismais. Somos todos os filhos da igreja, e sendo filhos da (igreja) nós vivemos obedientes aos ensinamentos do mestre que é a palavra viva de Deus Pai, que está aqui no meio de nós para nos ensinar qual é o caminho a seguir. Aquele que seguir por este caminho não se desiludirá, mas encontrará a verdade, a esperança, a salvação de Jesus.”

Pe. Jardesson Carvalho

 

“O Retiro de Semana Santa é importante porque é uma forma em que posso estar mais perto de Deus. Desapegando das coisas do mundo, por ser feriado muitos procuram ir para sítio, fazenda, se afastar para viver mais a tranquilidade. Ao contrário de muitos que estão aqui, que preferem viver a Semana Santa, como este momento que está acontecendo no Shalom, onde desde Quinta estamos aqui. Então vamos aprendendo através das pregações, que nem hoje onde o Padre Jardesson nos falou coisas muito importantes que não tínhamos conhecimento.”

James Araújo

Vocacionado

 

“Estamos no segundo dia de Retiro. Está sendo muito bom e gratificante, porque estamos unidos e aprendendo. No primeiro dia o João deu a pregação falando sobre a celebração, e pude ver que cometia muitos erros durante a missa. E aprendi sobre a grande importância da celebração. E hoje no segundo dia podemos aprender que diante de todo o sofrimento e dor, é nesse momento que temos a presença mais forte de Deus. E como o Padre falou, quando estamos cheios do Espírito Santo é que vem as maiores provações.”

Tassia Félix

Vocacionada

 

“A minha experiência durante esse retiro foi única diante de todo este sofrimento que Jesus percorreu carregando a sua cruz eu pude trazer para a minha realidade, que mesmo com a nossa cruz tão pesada nós não podemos desistir. E que mesmo diante de todas as batalhas da vida, nós devemos acreditar que ressuscitaremos junto com Cristo.”

Claudia Lima

Obra Shalom

 

“Esse retiro tem sido de uma real conversão. Não que os outros retiros não tenham sido dessa maneiro. Mas tenho bem vivenciado desde o primeiro dia, quando tivemos a celebração do amor ao outro, onde lavamos os pés dos jovens que são a primazia da nossa vocação. Ali eu lembrava de jovens que estão distante, outros que não acreditam em Deus. E isso foi fortificando e modelando a minha vocação e o meu amor aos jovens. No dia de hoje neste sábado Santo, em que nós esperamos Jesus ressuscitar, o Padre Jardesson colocou muito bem suas palavra quando falou que a vontade de Deus precisa ser acolhida. Uma frase que me marcou muito foi quando ele disse que nós estamos mais cheios do Espírito Santo, é o momento do deserto e da tentação. E isso vai dando respostas a muitos questionamento interiores que a gente vive. Por que eu sou tentado? Por que eu vivo tal realidade? É porque Deus nos forja nesse tempo de tentação e provação, para que possamos viver a vontade dele. E a vontade de Deus para nós é nada menos do que a Santidade.”

Cassandra Cutrim

Consagrada Comunidade Vida

 

“Este retiro tem sido uma oportunidade de me aprofundar sobre os aspectos litúrgicos e na vivencia da Semana Santa em si. Na quinta com a experiência do lava-pés, de se abaixar, então vamos vivendo a necessidade de viver como Jesus e pedir a graça da humildade. No Sábado Santo é muito a graça do silêncio e deixar que Deus adentre as minhas mortes. Um dia que me pergunto quais são as minhas mansões onde ainda não deixei Deus entrar. É reviver a esperança na minha conversão.”

Everton

Discípulo da Comunidade Aliança

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *