Shalom

Reviver, o começo de uma nova história na minha vida

comshalom

Meu nome é Ingrid Helena, tenho 21 anos e sou da Comunidade de Aliança da Missão de Santo André.  Em 2012, fui convidada por uma amiga do grupo de jovens, para participar de um Retiro de Carnaval, o Reviver. Disposta a conhecer coisas novas, logo aceitei o convite e fui com um grupo de amigos. 

Chegando lá, tive uma experiência totalmente diferente, simples e bela. Fui acolhida como parte da família Shalom, por meio de sorrisos, abraços e de partilhas durante os dois dias que estive no evento.

Fizemos um tour pelo local, mas optamos por participar dos cursos para jovens e pregações relâmpagos no stand vocacional. Eu e meus amigos ficamos empolgados e começamos a questionar qual seria o nosso lugar, e se tínhamos um chamado específico. Não conseguimos ir no último dia, mas o retiro havia dado frutos. Voltamos para a paróquia desejosos de fazer a diferença. No ano seguinte lá estávamos novamente para beber do Reviver. Os rostos já nos eram familiares e para mim a sensação de estar em casa aumentava. A certeza que eu tinha e repetia era: “Se um dia eu deixar de ouvir a Deus ou precisar retomar a minha vida de oração eu sei que no Shalom eu posso retornar”. Mal sabia eu que realmente havia encontrado meu lugar. 

Passados dois anos, estava firme no grupo da Paróquia, tocava em missas e tinha todas as demais responsabilidades de uma jovem paroquiana, mas sentia um vazio sem fim. Nesse ano, passei o Carnaval nos blocos de rua na Vila Madalena em São Paulo e em certo momento me ocorreu o pensamento de: “eu deveria estar no Reviver”, porém, logo esqueci o questionamento. Durante aquele ano o vazio só aumentava e sempre me recordava do Shalom. Rezava com as músicas da Comunidade, lia os artigos do portal e de forma muito forte, aquilo mexia comigo. 

Deus então se utilizou de alguns modos para me atrair novamente. Foram situações, pessoas, orações, mas a partir de um convite para o Musical Lolek, retornei e tive a certeza de que Deus me apontava à comunidade. Após uma grande insistência de Deus, entrei no vocacional e discerniram meu ministério: Eventos.

Foram muitos os eventos, noites temáticas, até que chegou o Reviver, e no decorrer dele eu entendi tudo. Deus me chamava a dar aquilo tudo que de graça recebi. Isso soa até clichê. Mas Deus havia me permitido estar no ministério que proporcionou a minha experiência com o Carisma. Além disso, a coordenadora do ministério foi a mesma pessoa que fez o convite para o Retiro em 2012. Tudo se encaixava. E a cada evento, o meu coração se enche de gratidão porque Deus fez tudo de uma forma que eu não esperava, mas da melhor forma possível: Ele me escolheu e me deu um lugar dentro da vontade d´Ele.

Atualmente, sou Postulante de segundo ano, toco no Arroios, Banda de Forró da Missão e permaneço no ministério de Eventos. Todos os anos eu renovo no Reviver a minha primeira experiência com Deus e o Carisma. Experiência essa que me faz enxergar em meio aos participantes do Retiro, jovens e adultos cheios de sede, assim como eu e meus amigos éramos. Vejo pessoas que se identificam com a música, com o encontro, com o modo de rezar e também se tornam apaixonados por Cristo e pela vocação. Rezo para que Deus toque a cada um desses que passam pelos Reviver/Renascer em todos os locais onde são realizados e aguardo ansiosamente tudo o que Deus fará em nós como Comunidade.

Ingrid Helena

Postulante Comunidade de Aliança


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *