Sem Categoria

Reviver: uma oportunidade de estar perto de Deus.

comshalom

Distância? Dificuldade de locomoção? Outras atividades para fazer? O que impossibilitaria uma pessoa de ter uma experiência com Deus? Para os que optaram por passar o carnaval no Reviver em São Paulo, nada!

Reunindo pessoas de todos as regiões da capital paulista, o Reviver 2018 aconteceu no bairro Tatuapé, zona Leste. Aproximadamente 300 pessoas por dia puderam experimentar de uma alegria verdadeira. O tema que norteou as reflexões foi extraído do livro de Lucas, e diz que “Para Deus nada é impossível”.

O coração do retiro de carnaval é o Seminário de Vida no Espírito Santo para as pessoas que ainda não fizeram essa experiência.

“Eu já ouvi falar sobre o seminário de Vida no Espírito Santo, mas nunca participei”, contou o jovem Vitor que veio para o evento acompanhado de seus amigos.

Outra opção para quem já participou de outros SVES foram os cursos de aprofundamento na fé, crescimento espiritual, e maturidade humana. Os assuntos abordados, divididos em duas vertentes: jovens e adultos

No primeiro dia, o curso ministrado aos jovens pela consagrada da comunidade de aliança e psicóloga, Silvia abordou como tema o “Sentido de Vida”.

“O sentido do meu futuro eu começo encontrando no hoje, porque eu preciso saber o sentido das coisas que eu faço hoje, para dar sentido naquilo que farei amanhã, e então saberei o sentido da minha vida”, explicou Silvia.

Também no curso para jovens, falou-se sobre a castidade. Ministrado pela jovem Helena, consagrada da Comunidade de Vida, o assunto foi abordado de forma mais abrangente do que geralmente se fala, não expondo apenas a questão do corpo e comportamento como definições para uma vida casta.

“Uma coisa que eu achei interessante que a Helena abordou foi a questão do domínio, se saber dominar os seus sentimentos que poderão acarretar em situações futuras”, compreende Alessandra Lima.

O curso para adultos foi baseado no livro publicado pelas Edições Shalom, chamado “Como transformar a dor em amor”. Trilhando um itinerário de autoconhecimento, a formação levava a tocar nas feridas e nas dores a fim de enxergar um caminho de amor.

“Somos levados a sermos curados por feridas que não sabemos que existem no nosso interior”, conta Marcelo Bernandino, que participou do Reviver pela primeira vez e esteve presente no curso. “Tantas vezes ficamos apegados a dor e esquecemos de viver esse amor incrível que Deus oferece”, conclui.

Além das pregações da manhã sobre o tema central, do Seminário de Vida no Espírito Santo e dos cursos de aprofundamento, no Reviver também aconteceram momentos de adoração.

Para Larissa Almeida, esse foi o momento mais marcante que ela viveu. “O que mais me chamou a atenção foi a sintonia dos intercessores, nos dois momentos (aconteceram adoração na parte da manhã e na parte da tarde após a pregação sobre cura) a palavra proclamada, a passagem da bíblia, a condução, foi a mesma”, conta. “Realmente, Deus não é incoerente”, exclama.

Enquanto os jovens e adultos participavam dos cursos e do seminário de vida no espírito Santo, as crianças experimentavam também dessa alegria, mas de uma forma diferente. Recreação, dinâmicas, brincadeiras e até um bloquinho de carnaval compuseram a programação dos pequenos.

“Eu me senti muito bem com as crianças”, contou Luanna Maldonado, uma das ‘tias’ do Reviver Kids. “Elas mostraram que sabem mais coisas do que julgamos que elas saibam; no geral, aprendemos muito mais com elas do que ensinamos”, Mayres Cruz, outra tia. Um dos ensinamentos que elas tiraram veio a partir de uma das dinâmicas propostas.

“Em um momento as tias perguntaram quem era nosso herói favorito, e as crianças responderam que era Deus”, contou Julia Arnold, de 9 anos que participou do Reviver Kids. “Eu gostei de estar no Reviver Kids porque a gente fica perto de Deus”.

Estar perto de Deus. Essa foi a experiência vivida durante os dias de evento. O estar perto de Deus que mostra que para Ele nada é impossível. Estar perto de Deus durante os dias de festas. E durante as dores. Estar perto de Deus enquanto criança, enquanto jovem, enquanto adulto. Estar perto do Deus que dá a cada momento uma nova experiência, um novo sentido; que transforma tudo, que faz ser livre, que faz Reviver.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *