Institucional

Ronaldo Pereira: Uma vida que valeu a pena!

Ronaldo Pereira sempre dizia “Quero dar a minha vida, derramar o meu suor e o meu sangue por amor a igreja e aos jovens”. Isto cumpriu-se de uma forma muito concreta no dia 17 de fevereiro de 1995, ao voltar de uma viagem missionária, quando veio a falecer em um acidente de automóvel, aos 24 anos.

Ainda hoje, 22 anos depois, pessoas do mundo inteiro são alcançadas pela força da vida deste jovem que soube abandonar-se totalmente nas mãos de Deus.

comshalom