Shalom

Roneide Santos fala sobre a missão Shalom no Rio de Janeiro

“A maior parte da nossa obra é, sem dúvida nenhuma, jovem”, ressalta Roneide. A missionária ainda conta que eles assumem a liderança de muitas atividades na missão.

comshalom

Com cinco setores espalhados pelo município, a Comunidade Católica Shalom está presente no Rio de Janeiro há 22 anos. Mais de 300 missionários desenvolvem ações de evangelização na Cidade Maravilhosa. Entre eles, estão 49 membros da Comunidade de Vida. Roneide Santos, responsável pela missão, partilha as graças e os desafios de anunciar o Evangelho em uma das principais capitais do Brasil.

A evangelização dos jovens e dos pobres é um dos serviços que a Comunidade presta à Igreja do Rio. Para isso, além das ações ordinárias, como grupo de oração, abordagem porta a porta e pessoa a pessoa, a missão realiza o Festival Halleluya, que neste ano aconteceu nos Arcos da Lapa, ponto turístico da cidade. E são os jovens cariocas os protagonistas dos trabalhos de evangelização.

“A maior parte da nossa obra é, sem dúvida nenhuma, jovem”, ressalta Roneide. A missionária ainda conta que eles assumem a liderança de muitas atividades na missão. “Eles planejam, eles organizam e eles executam os eventos, tendo a nossa presença para dar a segurança”, comenta. Confiar no potencial da juventude é a sabedoria que a missão tem vivenciado ao longo de sua história.

Relacionamento eclesial

A missão cultiva um relacionamento de amizade filial com o arcebispo Dom Orani Tempesta, além de um saudável diálogo com seus 9 bispos auxiliares. Vive também em unidade com as novas comunidades que existem na Arquidiocese. A consagrada explica que tudo na cidade é muito grande e que os bairros foram projetados para serem independentes por isso a Comunidade está espalhadas em cinco regiões do município. Em todas elas, há células da Comunidade de Aliança.

Reconhecimento da sociedade carioca

Crise política, econômica, moral. Esses são alguns dos desafios que a cidade do Rio de Janeiro tem passado. Além disso, há uma forte presença do mundanismo. Contudo, mesmo em meio a esse contexto, a missionária testemunha a fidelidade de Deus em cada ação de evangelização. “Esperamos corresponder ao que Deus quer para nós na cidade do Rio de Janeiro”, partilha a consagrada.

No ano passado, a Comunidade recebeu o prêmio Pedro Ernesto, maior reconhecimento da Câmara dos Vereadores, devido aos trabalhos na cidade. Esse é um sinal de que a sociedade carioca vê as ações de evangelização com bons olhos, de acordo com Roneide. “Reconhecem o bem que o Carisma Shalom faz à cidade do Rio de Janeiro”, complementa a missionária.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *