Notícias

Saiba como ganhar a indulgência plenária para um ente falecido

Este ano, as Indulgências poderão ser feitas durante todo o mês de novembro

comshalom

No dia 2 de novembro, a Igreja dedica-se a rezar pelos falecidos e dá aos cristãos a oportunidade de ganhar indulgência plenária para aqueles que já não estão entre nós.

Este ano, em virtude do contexto de pandemia, o Papa Francisco prorrogou esta possibilidade para todo o mês de novembro, para que nenhum fiel deixe de oferecer a indulgência a uma alma, livrando-a, assim, das penas temporais de seus pecados.

“Uma vez que os fiéis defuntos em vias de purificação também são membros da mesma comunhão dos santos, podemos ajudá-los, entre outros modos, obtendo em favor deles indulgências para libertação das penas temporais devidas por seus pecados”, orienta o Catecismo da Igreja Católica, artigo 1479.

Como conseguir a indulgência plenária

Para conseguir a indulgência plenária para uma alma é necessário:

– Confessar-se, rejeitando todo o pecado cometido;

– Participar da Santa Missa e comungar com esta intenção;

– Rezar pelo Papa pelo menos um Pai Nosso, Ave Maria e Glória;

– Visitar o cemitério e rezar pela alma do falecido.

Orientações para os que não podem sair de casa

Diante do contexto da pandemia, os cristãos idosos, doentes e que por motivo grave não podem sair de casa, poderão obter a indulgência plenária de maneira especial, desde que, estejam unidos espiritualmente aos fiéis e estejam completamente distantes do pecado.

Neste caso, o fiel deve se comprometer a cumprir o mais rápido possível as condições habituais para a indulgência (confissão sacramental, comunhão eucarística e oração nas intenções do Papa); fazer orações piedosas (como as laudes, Rosário ou Terço da Divina Misericórdia) pelos falecidos diante de uma imagem de Jesus ou da Virgem Maria; leitura imediata de uma das passagens evangélicas proposta pela liturgia dos defuntos ou uma obra de misericórdia oferecida a Deus, as dores e dificuldades da própria vida.

Conheça as graças da indulgência


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *