Formação

Santa Bernadette: A alegria de uma juventude ofertada

Ela disse sim e decidiu amar a humanidade de forma generosa, ainda na sua juventude. E você, como tem respondido aos desígnios do Criador para a sua vida?

comshalom

Hoje, dia 16 de abril, a Igreja celebra a festa de Santa Bernadette, jovem que presenciou a aparição Nossa Senhora de Lourdes. Conhecido pelos seus inúmeros milagres, este título de Maria é um dos mais admirados e solicitados pelos fiéis na atualidade. A pequena Bernadette, jovem francesa que presenciou a aparição, deixou escrito o seguinte relato:

“Certo dia, fui com duas meninas às margens do Rio Gave buscar lenha. Ouvi um barulho, voltei-me para o prado, mas não vi movimento nas árvores. Levantei a cabeça e olhei para a gruta. Vi, então, uma senhora vestida de branco; tinha um vestido alvo com uma faixa azul celeste na cintura e uma rosa de ouro em cada pé, da cor do rosário que trazia com ela. Somente na terceira vez, a Senhora me falou e perguntou-me se eu queria voltar ali durante quinze dias. Durante quinze dias lá voltei e a Senhora apareceu-me todos os dias, com exceção de uma segunda e uma sexta-feira. Repetiu-me, várias vezes, que dissesse aos sacerdotes para construir, ali, uma capela. Ela mandava que fosse à fonte para lavar-me e que rezasse pela conversão dos pecadores. Muitas e muitas vezes perguntei-lhe quem era, mas ela apenas sorria com bondade. Finalmente, com braços e olhos erguidos para o céu, disse-me que era a Imaculada Conceição”.

A generosidade da Virgem

A gruta de Lourdes é hoje um dos espaços sagrados mais visitados do globo. As águas que jorram da fonte de forma perene conduzem milhares de fiéis do mundo inteiro ao local, em busca de milagres e de conversão. A escuta atenta de Bernadette possibilitou o derramamento de muitas graças em toda a humanidade.

Nossa Senhora — em todas as suas aparições — demonstra a mesma serenidade e o mesmo olhar de esperança para com os seus filhos. Nem mesmo o anúncio das piores tribulações foi seguido de desespero ou de desesperança: Maria sempre apontou o caminho da coragem, da mansidão e da alegria. A aparição para uma jovem, que ainda enfrentaria muitas tribulações em sua vida, foi sinal de coragem, de renúncia e de disposição. Maria tem predileção pelos jovens e isso fica evidente em suas mais diversas aparições ao redor do mundo. Bernadette foi alvo da esperança generosa da Mãe que acredita na conversão do homem ferido, que só é possível a partir da oferta de vida daqueles que foram alcançados pela compaixão divina.

O “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor é convosco!”, anúncio do anjo à Virgem Maria, ecoou por toda a humanidade através do sim de Nossa Senhora e da pequena grande Bernadette, sua serva, que generosamente correspondeu aos desígnios do Criador para aquele tempo. A França ainda viveria longos momentos de tribulação, duras consequências do abandono da fé daquele povo. A postura de colaboração e de adesão à alegria divina de Bernadette tem muito a nos ensinar. Ela em tudo copiou Maria: modelo da felicidade plena que acolhe de forma integral a encarnação do Nosso Senhor Jesus Cristo, e assim torna-se instrumento de redenção para os estigmas de todos os pecadores.

Não esmorecer, antes, acolher a alegria

A Virgem Maria, que manifesta o seu amor maternal nas suas mais diversas aparições, nos ensina a acolher os desígnios divinos para as nossas vidas com alegria e com disposição. É através da Mãe de Jesus que podemos encarnar com coragem o imperativo “não tenhais medo”, não obstante as maiores dificuldades as quais estamos sujeitos a atravessar.

O que você tem feito para acolher os desígnios amorosos do Criador na sua vida? Você tem recebido a Boa Nova do Evangelho com mansidão e com serenidade ou se rebela diante da radicalidade do anúncio que lhe é proposto? O medo tem guiado as suas escolhas e lhe impedido de optar pela única verdade que liberta?

Que neste dia, Santa Bernadette, a jovem ousada discípula da Virgem de Lourdes, nos ensine a ter um coração generoso e destemido, para que possamos ser bálsamos de cura e de libertação para a humanidade que nos espera.

Não há tempo a perder!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *