Formação

Conheça a história de Santa Clara de Assis, Padroeira da Televisão

Conheça a belíssima história de vida e doação de uma linda flor que foi plantada no jardim do Céu e que por onde passou espalhou os perfumes de Deus e contagiou a todos com sua fé, docilidade e coragem.

Santa Clara nasceu em Assis (Itália), no dia 16 de julho de 1193 e foi batizada com o nome de Chiara d’Offreducci. Pertencia a uma família nobre e era dotada de grande beleza. Muito cedo chamou atenção pela sua caridade e carinho com os mais necessitados.

O encontro de Clara e Francisco

A sua vida ganhou um novo sentido ao deparar-se com o modo de vida de Francisco de Assis, um jovem que vivia a pobreza evangélica na sua radicalidade, o que a fez tomar a firme decisão de segui-lo.

Clara teve que enfrentar sua família, que tinha outros planos para o seu futuro e pretendiam arranjar-lhe um casamento promissor, mas a jovem  abandonou tudo para seguir Jesus radicalmente aos moldes de Francisco de Assis.

Tempos depois Clara fundou o ramo feminino da Ordem Franciscana, sendo conhecidas posteriormente como “Clarissas”.

Curiosidades

Suas irmãs Catarina e Beatriz, juntamente com sua mãe, após esta ficar viúva, também entraram para o convento.

Fugiu junto com sua amiga Felipa de Guelfuccio, para encontrar São Francisco de Assis, na Porciúncula (na capelinha de Santa Maria dos Anjos, onde nasceu a ordem dos Franciscanos e a ordem de Santa Clara), onde ele já a esperava para fazer os seus primeiros votos. O próprio Francisco cortou os seus cabelos, como sinal do voto de pobreza.

Clara foi a primeira mulher na história da Igreja que compôs uma regra escrita, submetida à aprovação do Papa, para que o carisma de Francisco de Assis fosse conservado em todas as comunidades femininas.

Dois anos após a sua morte foi proclamada santa Clara de Assis, pelo Papa Alexandre IV.

Os Milagres

O seu primeiro milagre ocorreu ainda em vida, demonstrando a sua grande fé. Conta-se que certa vez as irmãs, que já eram mais de 50, não tinham o que comer. Então, a irmã cozinheira chegou desesperada e disse a Santa Clara que havia somente um pão na cozinha. Santa Clara disse a ela: confie em Deus e divida o pão em 50 pedaços. A irmã cozinheira, mesmo sem entender, obedeceu e de repente, dezenas de pães apareceram na cozinha e as irmãs conseguiram se sustentar por vários dias.

Em outra ocasião, durante a invasão de Assis pelos sarracenos, Santa Clara apanhou o ostensório com Santíssimo Sacramento e os enfrentou, dizendo que Jesus Cristo era mais forte que eles. Os invasores, tomados por inexplicável pânico, fugiram. Por este milagre Santa Clara é representada segurando o Ostensório na mão.

Um ano antes de Santa Clara de Assis falecer, em 11 de agosto de 1253, ela queria muito ir a uma missa na Igreja de São Francisco (já falecido). Não tendo condições de ir por estar doente, entrou em oração e conseguiu assistir toda a celebração sem precisar sair do seu leito no convento. Assim, pelo fato de Santa Clara ter assistido a uma celebração à distância, em 14 de fevereiro de 1958, o Papa Pio XII proclamou oficialmente Santa Clara de Assis como a padroeira da televisão.

Santa Clara de Assis, rogai por nós!

Adriano Andrade
Comunidade de Aliança


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *