Formação

Santo Irineu, um pastor fiel, que comprometeu-se com Jesus e seu rebanho até o sangue

Erudito, simples, orante e zeloso bispo, foi ele quem escreveu contra os hereges, sobre a sucessão apostólica e muito dos dados que temos hoje, sobre a história da Igreja do século II.

comshalom

Hoje a Igreja faz memória, agradecida, de um grande e fiel pastor, Santo Irineu. Esse foi, de fato, um surpreendente servo de Deus, que desempenhou sua missão com ardor e pleroforia. A profecia de sua vida já se revelava pelo seu próprio nome: Irineu tem origem no idioma grego e significa: pacífico ou pacificador. Era um sacerdote tão prestigiado, que vários eram os adjetivos que o próprio povo se valia para se referir a ele: zelador do Testamento de Cristo, Mestre de fé, pastor fiel, Pai zeloso, etc.

Sua sabedoria e discernimento não eram reconhecidos apenas pelo povo simples, de seu rebanho. Mesmo o Papa Vítor, o líder da Igreja da época, reconheceu a sabedoria e prestígio que esse servo tinha diante de Deus e de suas ovelhas. Tanto, que não hesitou em ser aconselhado por ele, na formulação e ponderação de seus pronunciamentos oficiais. Um caso em especial foi o dos fiéis da Igrejas da Ásia, que se recusavam a celebrar a Páscoa do Senhor na mesma data do resto da Igreja.

Ministro incansável da paz e da comunhão

Orientado ainda pelo mesmo e magnífico dom do discernimento, ajudou o Santo Padre a ponderar algumas de suas ações, e se dirigiu também a bispos de outras comunidades cristãs, não vinculadas à liderança do Bispo de Roma. Seu esforço promoveu o triunfo da concórdia, da unidade e da paz. Exortava a todos para que se mantivessem ancorados e firmes na tradição apostólica e no magistério da Igreja, combatendo, assim, várias heresias, dentre elas, o racionalismo e o gnosticismo.

Entre suas obras, a Igreja tem a felicidade de conservar intactos pelo menos cinco livros. Esses possuem temáticas de orientação e combates de heresias, nos quais Irineu aparece não só como um teólogo equilibrado, penetrante e profundo, que amava discorrer sobre a Encarnação redentora de Jesus, mas também como um pastor atento, sobre a importância da formação integral de seu rebanho.

Um pastor fiel que, a exemplo de Jesus, deu a vida por suas ovelhas

Santo Irineu foi um grande servo de Deus. Seus discursos alcançavam tanto os simples, como os grandes e letrados deste mundo. Suas argumentações eram fortes e, para alguns, até polêmicas. Suas palavras chacoalhavam hereges e intelectuais que discursavam contra a Igreja. Seus discursos eram polêmicos para uns, para outros, no entanto, possuíam grande força de mudanças e transformações interiores. Sua eficácia apostólica não era resultado apenas de sua grande capacidade intelectual, embora fosse notória, mas era, sobretudo, um transbordamento de sua experiência profunda e concreta com Deus.

Origem desse gigante

Irineu era natural da Ásia Menor. Entre os acontecimentos de sua juventude, um sem dúvida muito importante está seu encontro com São Policarpo de Esmirna, um santo bispo. Este, foi um dos privilegiados que receberam pastoreio dos cristãos que foram testemunhas oculares da vida pública de Jesus. Um, em particular, foi justamente o apóstolo São João. Deixando a Ásia Menor, onde já havia passado algum tempo, transferiu-se em seguida para Lion. Não fez parte do número dos mártires assassinados na perseguição de Lion em 177, pois precisamente nesse tempo estava em Roma para apresentar ao Papa Eleutério questões importantes da Doutrina.

Após voltar para Lion, Irineu sucedeu ao bispo São Fotino. Por fim, sucumbiu ao período de duras perseguições contra a Igreja, nos tempos do imperador Severo, em 28 de junho de 202, numa época onde provavelmente não existia nenhum outro bispo na Gália e nas localidades que faziam fronteira com a Alemanha, além dele. Sua dedicação o fez aprender o idioma de vários povos locais, entre eles os Celtas, evangelizando-os de modo ousado e criativo.

Que neste dia sejamos também nós abençoados com o testemunho desse gigante e fiel pastor. Que nunca arrefeçamos no testemunho de nossa fé.

Santo Irineu, bispo e mártir, intercedei por nós!

 

VEJA TAMBÉM

Antropologia segundo Santo Irineu: Voltando às origens da existência humana

Santo Irineu, o Leão de Lyon

Santo Irineu de Lyon

Hino das Laudes | Suely Façanha : Santo Irineu


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *