Formação

São Padre Pio: O santo que recebeu os estigmas de Jesus

Mergulhe na história de um homem chamado Francesco Forgione, mais conhecido por Padre Pio, que tocou e ainda toca o coração de todos que buscam um amigo e um pai espiritual no céu.

Wallace Freitas

Você conhece a vida desse santo que, por graça divina, influenciou o mundo inteiro pelo seu testemunho e impressionou a muitos pela sua humildade, obediência e entrega total ao Ressuscitado que passou pela Cruz?

Nascido numa pequena cidade ao Sul da Itália chamada Pietrelcina no dia 25 de Maio de 1887, Francesco já aspirava desde muito pequeno as coisas do céu, tinha um desejo enorme pela santidade, que de tal forma queria se configurar a Cristo totalmente!

Inicialmente procurou na congregação dos Capuchinhos, ainda muito jovem, ordenou-se sacerdote para, assim, viver uma vida aos moldes deste carisma franciscano, numa vida penitente e de profunda oração.

Padre Pio, era um homem que procurava em plenitude a radicalidade do Evangelho, dizia sempre “sim” aos projetos de Deus, numa adesão confiante em fazer a vontade dEle. Mesmo sabendo que isto lhe traria bastante sofrimento, ele confiava que o próprio Deus nunca o deixaria sem a força necessária para carregar a cruz que lhe foi dada.

Sua história foi marcada também por enormes incompreensões! Gerou confusão na medicina, pois não sabiam explicar os estigmas (feridas nas mãos, nos pés e no peito que jorravam bastante sangue). O santo confundiu a cabeça de tantos psicólogos e psicanalistas que até consideraram ele como um “desequilibrado”.  Ele era até mesmo confuso de si, pois dizia: “Eu sou um mistério pra mim mesmo!”.

Sua data é lembrada no dia 23 de setembro, pois foi o dia que ele veio a falecer (ano de 1968). Seu corpo encontra-se parcialmente incorrupto e está exposto para visitas na cidade de San Giovanni Rotondo, cidade o qual ele viveu toda sua vida missionária.

A lógica do Evangelho é diferente da lógica do mundo! São Padre Pio olhava a Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo como a maior e mais plena comunhão de amor que podia existir. Portanto, não tenha medo! Saiba que ser santo não é ser extraordinário (mesmo com tantas histórias extraordinárias do São Padre Pio), mas sim, viver ordinariamente com intensidade de amor a vida que o Senhor nos oferece.

Sejamos como São Padre Pio, que foi um devoto apaixonado pela Santíssima Virgem Maria, rezando o rosário todos os dias, entregando-se a ela até o último momento da vida. Peçamos a Deus a graça de te segui-la e amá-la, de que os nossos lábios repitam sempre o nome de Jesus e de Maria.

Por fim, São Padre Pio tem um amor enorme pelos seus filhos espirituais, então aproveite este dia para crescer na amizade com ele, pois terás um grande intercessor lá no céu.

São Padre Pio, rogai por nós!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *