Sem Categoria

Se fosse mais fácil…

comshalom
*este texto tem finalidade poética, logo não se preocupa com a verossimilhança biológica ou normativa nos fatos 😉

Seria mais fácil viver sem as batalhas, sem os medos, sem as paixões. Mas qual seria a graça se na vida não houvesse desafios? Os marasmos diários chegariam num fim. Sem rumo, a destruição é certa. As desilusões apareceriam: FATO! Os medos fariam parte da sua rotina… E o que é uma vida sem paixões?

Mas péra lá, quais paixões? As que ferem o coração ou as que ferem a alma? Mas alma e o coração se misturam e nessa hora não tem como fugir. As paixões precisam ser vividas, sentidas, às vezes partilhadas e transmitidas. Quase sempre curadas. Sem fugas. Nem tudo que fere é ruim, nem tudo que parece lindo é bom. As surpresas acontecem. Um coração dócil sobrevive melhor a estes momentos.

Um coração dócil reconhece o cuidado quando as feridas estão sangrando e quando está doendo, ele responde muito melhor do que você imagina às grandes desilusões. Dói porque ele se contrai para esquecer daquilo que era tão grande e que, para ele, precisa desaparecer. Talvez seja essa a primeira reação. Depois passa.

Vem o medo de nunca mais conseguir sentir novamente aquilo que tanto tempo esteve dentro de você, só de você. Daquilo que não foi bem recebido ou bem cuidado, mas que saiu e agora sofre as consequências da liberdade do outro de agir como achar melhor. Não diz respeito mais só ao seu coração, tem o dele também.

Talvez o pior seja a vontade de nunca reagir, de sumir, de desistir. Mas reaja, olha Aquele que te olha! Vou dar uma dica: Ele já deu tudo por você, inclusive a própria vida. Acredite! nascerá um novo dia. O Sol nunca nos deixa na mão. O coração é sustentado pelo Amor, ele se regenera, pode até levar um tempo, mas vai bater de novo. Todo novo! Com mais intensidade, melhor, mais forte, talvez com medo, mas confiante de que tudo vai ficar bem. De que o melhor ainda está por vir. Afinal, é para ser feliz que estamos aqui, não é mesmo?

 

Maria Angélica da Silva, Discípula da Comunidade de Aliança.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *