Institucional

Seminaristas da Comunidade intensificam orações pela Assembleia Geral

Foto SeminaristasAtravés da recitação do Santo Terço, a Igreja superou grandes crises em sua história ao longo dos séculos: heresias, guerras, tragédias e perseguições

“Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo…” Com um coração cheio de intercessão e desejo de se unir ainda mais aos irmãos que estão na Assembleia Shalom 2013, os seminaristas da Comunidade Católica Shalom, se unem todas as manhãs, no caminho para faculdade, para recitar a oração do Santo Terço, na certeza de que unido a Maria, podem interceder por esse novo tempo.

Que a oração do Santo Terço Mariano pode nos levar a um caminho de contemplação, louvor ou até súplica, todo mundo já sabe. O que muitos esquecem é que quando ela é realizada comunitariamente o teor da reflexão da experiência com Cristo que está no centro das nossas vidas se torna ainda mais evidente. “Como família, podemos juntos, ainda mais unidos a Deus, interceder por todas as ações e pelos novos discernimentos que serão realizados neste encontro da Comunidade”, ressalta o seminarista Lúcio Lins.

Falar de Maria é sempre lembrar que ela é um grande exemplo de unidade a Cristo. O papa Paulo VI ensinou que a oração do Santo Terço “tem índole comunitária, se nutre da Sagrada Escritura e gravita em torno do mistério de Cristo”. Feita com devoção e piedade essa forma de rezar tem nos feito alcançar muitas graças divinas, ao longo da história do Carisma Shalom, pois Maria sempre esteve conosco. 

Através da recitação do Santo Terço, a Igreja superou grandes crises em sua história ao longo dos séculos: heresias, guerras, tragédias e perseguições. Esta prece promove a vida de intimidade com Deus, renova a vida apostólica e ilumina a opção a ser feita em momentos de grandes discernimentos. Para quem não sabe, depois do Pai-nosso, é a oração mais conhecida e mais popular dentro da Igreja. Nenhum cristão deveria deixar de fazê-la.

 

Por Raphael Moura


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *