Shalom

Shalom Boston e Nova York promovem 1º retiro juntos e reúnem mais de 100 pessoas

Com o nome Fully Alive, que significa Repleto de Vida, o seminário foi realizado nos dias 12 a 14 de novembro em formato de retiro e reuniu pessoas de mais de 20 nacionalidades.

comshalom

Pela primeira vez as missões de Boston e Nova York, nos Estados Unidos, promoveram juntas um Seminário de Vida no Espírito Santo (SVES). Com o nome Fully Alive, que significa Repleto de Vida, o seminário foi realizado nos dias 12 a 14 de novembro em formato de retiro e contou com mais de 100 pessoas, entre participantes e servos.

Segundo os missionários, o retiro reuniu pessoas de mais de 20 nacionalidades. A maioria dos participantes era católica, mas também havia alguns de outras denominações ou que não professavam nenhuma religião.

“Os últimos dois anos foram difíceis para mim. Durante a pandemia, me senti sozinha e me perguntei o porquê de muitos dos acontecimentos do ano. Meu desejo de estar perto de Deus me levou ao Shalom. No último fim de semana, durante o Fully Alive, meu amor a Deus foi renovado! Frequentar diferentes cursos me ajudou a pensar profundamente sobre por que as pessoas sofrem e como amar e viver com o sofrimento. Eu me lembrei do sofrimento de Cristo pelo mundo. Este tópico foi muito significativo para mim, pois tive uma grande perda em minha vida. Os retiros do Shalom também me dão tempo para me conectar com as pessoas na convivência. Sou grato pelas histórias que ouvi e pelo incentivo que recebi, principalmente de Bárbara. Tenho muita gratidão ao Senhor por me colocar em lugares e entre as pessoas que me aproximam Dele”, disse Vanessa Emile, que participa do grupo de oração em Nova York.

A Missão de Boston tem seis anos de fundação e a de Nova York um pouco mais de um ano.

“Eu tinha dúvidas, medo e não sabia o que esperar antes de frequentar o Fully Alive. A Comunidade Shalom me recebeu de mãos abertas e me convidou para este evento incrível. Fully Alive foi uma experiência transformacional cheia de amor, dança, louvor, adoração e foi uma grande oportunidade de aprofundar o relacionamento com Deus e a comunidade”, Jacky Ha, membro dos grupos de oração Shalom em Boston.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *