Institucional

Shalom estreita laços em vista de uma possível colaboração missionária na Suécia

Na noite desta quarta-feira, 14, na sede do Escritório Internacional da Comunidade Shalom, em Roma, ocorreu um momento de partilha e jantar com o fundador da Comunidade, Moysés Azevedo, e com o Bispo de Estocolmo, Suécia, Mons. Anders Arborelius, que será feito Cardeal no próximo dia 29 de junho pelo Papa Francisco.
No Consistório dos próximos dias 28 e 29 de junho,  5 bispos de várias “periferias do mundo”, de áreas geográficas em que a Igreja normalmente não nomeou cardeais ao longo da história, serão “criados” cardeais pelo Papa Francisco. Um deles é o Bispo de Estocolmo, única diocese deste importante país escandinavo, a Suécia.

Mons. Arborelius é o primeiro bispo de origem sueca em Estocolmo desde o período da Reforma Protestante. Em jovem idade, convertido do luteranismo, foi atraído à Igreja Católica e à Espiritualidade católica através da leitura das Obras de Santa Teresinha do Menino Jesus e dos místicos do Carmelo. Fez-se religioso carmelita e foi ordenado sacerdote. Fez estudos na Bélgica e em Roma. É bispo de Estocolmo há 19 anos e será o primeiro Cardeal sueco na história da Igreja.
Desde o ano passado, Mons. Arborelius amadurece junto à Comunidade Shalom as vias através das quais o Carisma da Comunidade e sua ação evangelizadora podem estar a serviço da Igreja da Suécia, sobretudo em vista de um apostolado dedicado à juventude.

O fundador da Comunidade Shalom, Moysés Azevedo, tem tido contato com o “neo-cardeal” através das assembleias do então “Pontifício Conselho para os Leigos”, no Vaticano. No ano passado, a Assistência Internacional da Comunidade fez uma visita a Estocolmo, e a partir deste primeiro encontro na Suécia, tem-se caminhado para um discernimento sobre a presença e colaboração missionária da Comunidade na Escandinávia.

Assistência Internacional


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *