Institucional

Testemunho – Ser Família Shalom

comshalom
Familia
Bernardo, Emerson, Maria Clara e Adriana.

                Nosso fundador, Moysés Azevedo, assim inicia o escrito Estado de Vida: “Sinto que realmente Deus quer renovar a face da Terra. Deus prepara o novo mundo para receber de volta o seu Salvador e Redentor Jesus. No entanto, só haverá um mundo novo se houver famílias novas. Só haverá famílias novas se houver casais novos…“.

                Mergulhando e nos deixando conduzir pelas águas caudalosas do carisma Shalom, experimentamos dia a dia sermos modelados por ele, por sua graça atuante e constante, assim nos introduzindo numa perspectiva nova do estado de vida que é o matrimônio. Percebemos que Deus, por meio do seu Shalom, gera em nós, casais, o desejo e a determinação de partirmos em busca deste novo numa obra que nos tira de nós, justamente para nos fazer encontrar quem realmente somos aos olhos Daquele que nos chamou a trilhar esse caminho de e para a felicidade.

                Como igreja doméstica, a contemplação deixa de ser uma graça entendida como própria dos mosteiros e conventos mas passa a se tornar viva e fecunda dentro do seio familiar com simplicidade e singeleza de coração, através dos altares onde nos colocamos em Oração Pessoal e Familiar pelo Beraká, Liturgia das Horas e a Revisão de Vida.

                A unidade da vida familiar por sua vez nos lança na unidade com todo o corpo comunitário e se abre a ele com todos os seus dons que à ele oferece e dele recebe por meio dos outros dois estados de vida, o celibato e o sacerdócio. Complementaridade essa que toma proporções que superam nosso entendimento visto que ela se inspira no mistério Trinitário.

                Com a graça acolhida na contemplação e o apoio fruto da unidade, somos enviados como discípulos e ministros da paz a implantar o mundo novo que o coração de Deus tanto anseia ver pela evangelização cheia do Espírito Santo. Essa evangelização não é opcional! É mandato! É envio! Em 2011, Dom Jean Laffitte, secretário do Conselho Pontifício para a Família, chamou-nos, exatamente por aquilo que somos, família, ao protagonismo da evangelização!

                Na estabilidade do tripé da contemplação, unidade e evangelização, e inflamados pelo Amor Esponsal que gera em nós a kénosis da pobreza, da castidade e da obediência, testemunhamos: Sim! Essa vocação é também para as famílias! Sim! Trazemos em nós uma esponsalidade própria deste maravilhoso estado de vida! Sim! Enxertados nas chagas gloriosas do Ressuscitado que passou pela Cruz, prosseguimos em vista da descoberta e cumprimento da vontade Dele, como esposos, pais, irmãos e missionários! Bendito seja Deus pelo dom da Vocação Shalom!

Emerson e Adriana

Membros da Comunidade de Aliança na Missão de Curitiba


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *