Institucional

Três dias de carnaval e uma alegria que não passa!

comshalom

“Escolhendo o Renascer para passar o carnaval, achei que viveria algo diferente, mas não imaginaria que iria encontrar uma alegria maior que eu, uma alegria que tem um nome: Jesus. E sabendo disso, sei que ele me chama a viver sua vontade, e que esta é a mais feliz!”

No renascer, o Senhor foi abrindo as veredas do nosso coração para acolher a sua vontade. Os participantes iam tendo a experiência de descobrir que Deus é um Deus presente, perto, que faz planos conosco. E todos eles, são de felicidade. E olhando para Maria, exemplo de adesão e fidelidade a Deus, é caminho certo de céu, o céu que é a vontade de Deus.

“Maria foi feliz porque assumiu os planos de Deus na sua vida! Não podemos viver de qualquer jeito! Descobrir e viver a vontade de Cristo! Ser pleno! É isso que o Senhor quer de nós.”, afirma o missionário da comunidade, pregador do evento.

 

E ainda, “É preciso coragem, para saber e se comprometer com a vontade de Deus, pois se a             conheço, mas não a faço, eu sou infeliz”.

Para muitos, o Renascer foi uma descoberta do que é viver o carnaval de forma sadia e feliz. Pode se dizer que foi ali, em três dias de carnaval, que muitos se sentiram chamados a ser jovens, adultos e casais, comprometidos com aquilo que Deus quer para suas vidas. O mundo diz que para ser feliz é preciso ter muito, dinheiro, amigos, status, mas nesse Renascer, todos que ainda isso buscavam, Deus deu tudo, o tudo que é Ele mesmo. 

E sem dúvida, este caminho de descoberta de Deus, foi trilhado através dos passos de Maria, ao refletirmos sobre o sim radical da sua vida,  nossos corações, que ainda, duvidavam ser esta uma vida feliz, afirmou: Esse é o caminho feliz! 

 

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *