Shalom

A Trupe da encarnação desembarca em Belo Horizonte para mais um espetáculo Filho de Deus Menino Meu

comshalom

O Projeto Artes da Comunidade Católica Shalom, apresenta todos os anos por ocasião do Natal o musical Filho de Deus Menino Meu.  Com texto de Wilde Fábio, o espetáculo é apresentado em 16 estados do país, além de apresentações a nível internacional.  Os expectadores tem a oportunidade de prestigiar e se emocionar com esse trabalho onde a trupe da encarnação, que é um grupo de andarilhos, saem pelo mundo representando a história do filho de Deus. Em Belo Horizonte a peça contava com mais de vinte artistas, direção geral de Samuel costa e Direção executiva de Gabriela Oliveira.  A peça foi apresentada em duas sessões em Formiga no dia 26 de Novembro  e no dia 09 de dezembro às 16 horas  e 19 horas 30 no teatro Dom Silvério  em Belo Horizonte.

O Samuel Costa, diretor Geral da peça, é missionário na comunidade Católica Shalom, Jornalista, pós-graduado em Administração Estratégica e em Marketing Estratégico e diretor de espetáculos Musicais. Além de dirigir a peça, Samuel também fez pate do elenco como anfitrião da trupe, e para saber um pouco mais como foi  a preparação e apresentação do musical ele nos deixou um depoimento:

“Estar na função de diretor geral neste ano foi uma permissão de Deus para me renovar no carisma Shalom.  A cada ensaio notava a evolução do elenco e tinha ciência que esse crescimento não era fruto das técnicas aplicadas, mas que essa evolução nascia das nossas orações comunitárias que davam início a todas  as nossas atividades, sendo primazia do nosso trabalho. Acrescento que o elenco deste ano foi composto em sua maioria por integrantes que sempre fizeram parte do projeto artes, seja na música, na dança, no teatro ou na produção. Acredito que a cumplicidade dentre os membros vivenciada nos bastidores da peça também nos ajudou a formarmos um só corpo no palco. Nesta edição do Filho de Deus, posso afirmar que Deus não escolheu os capacitados, Ele capacitou os escolhidos e os constituiu família. Ao término da peça meu coração foi preenchido pelo louvor e  gratidão ao me recordar de todos os desafios que a equipe passou e das fortes experiências com amor de Deus que vivemos, as quais facilitaram transformamos em carne todo roteiro. Pela misericórdia de Deus, nossos Shalom Artistas, alcançaram a casa de muitos corações nas plateias de BH e Formiga. Enfim, estou feliz por fazer parte do nascimento desse Sol maravilhoso que é o menino Jesus.”


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *