Formação

Um copo de água dado por amor

comshalom

Jesus, porém, disse-lhe: Não lho proibais, porque não háninguém que faça um prodígio em meu nome e em seguida possa falar mal demim.  Pois quem não é contra nós, é anosso favor.  (Mc 9, 38 – 49)

O evangelho nos surpreende, nos apresenta Jesus extremamentebondoso, cheio de ternura, que nos dá um grande anúncio: não proibir a ninguémque faz o bem, mesmo que não seja dos nossos. Porque é impossível fazer o bem,anunciar Jesus, operar no nome de Cristosem ama-lo. O horizonte se abre diante de nós e nos obriga a reconhecer que nãosomente os católicos fazem o bem e são chamados à santidade. Todos os que fazem o bem e agem segundo a retidãoanunciam sem saber o evangelho de Jesus.

“Quem não é contra nós está a nosso favor”. Estas palavras questionam profundamente os nossos“fundamentalismos” que, cegando o nosso coração, nos fazem orgulhosamentepensar que somente nós somos “os bons”. O mesmo Jesus sentencia com um exemploque é fácil compreender: que um copo de água cheio de amor e dado por amor nãoficará sem recompensa. Como é grandiosa a bondade de Deus! Ele sabe penetrar aprofundidade do nosso coração e dá cheque mate ao nosso moralismo aparente. Não devemos mostrar-nos bons, é preciso sermos bons.

Ao mesmo tempo que Jesus é bondoso neste texto do evangelhose apresenta extremamente duro, exigente com todas as pessoas. Usando palavraspesadas que nos fazem tremer sobre os escândalos, que no texto da liturgia éomisso. Não sei porque foi deixado delado, esquecido, quando Jesus diz que seriamelhor pendurar uma mó de moinho e jogar no mar os que dão escândalos. Mas oevangelho traz à nossa mente a radicalidade de Jesus.

Se o teu olho…se a tua mão.. te escandalizam arranca devocê todo membro que lhe leva ao pecadoe joga fora. É melhor entrar no céu sem os membros do corpo que ir no inferno com todos osmembros do corpo. Está claro que Jesus, usando estas simbologias, nos fala deum sentido figurado. De fato não são os membros do corpo que nos levam aopecado. Eles todos, sendo criados por Deus, fazem parte do nosso corposacramento do amor, da beleza de Deus. O corpo é uma teofania que canta agrandeza do Criador. A malícia não está nos membros mas sim no nosso coração,na nossa “concupiscência” imoderada, não regrada, não canalizada, que nos leva ao pecado. É omomento de saber orientar todo o nossoser para o bem. somos chamados à liberdade e a única liberdade que o cristãotem é fazer o bem e amar.

A nova ética que Jesus veio instaurar não é jurisdicismo emoralismo, mas sim uma liberdade de coração, uma vida nova. Por isso que nóssomos e devemos ser sempre “sal” que deve dar sabor à vida e a tudo o que nósfazemos. Não é o agir que nos salva mas sim a maneira como nós agimos, asmotivações que orientam a vida. É necessário ter em nós a paz e viverespalhando a paz para todos. A paz é fermento que age lenta mas profundamentenos corações humanos.

É tão fácil entrar no céu: o segredo é agir por amor e noamor. Hoje também celebramos a festa deSanta Teresinha do Menino Jesus, a Santa Doutora da Ciência do Amor. Ela, quena sua pobreza, pequenez, soube ensinar à humanidade um novo caminho parachegar a Deus: “o abandono e a confiança”, entregar-se como hóstia viva ao amor do Deus misericordioso.

Reler numa atitude de discipulado este texto do evangelho:Mc 9,38-49, sem pular nenhum versículo, mesmo que nos sentamos agredidos poreles. É o segredo para entrar mais a fundo no mistério do agir de Cristo. Oshumildes sempre vêem ao seu redor pessoas boas; os orgulhosos se acham osúnicos bons e os únicos merecedores de salvação. Graças ao bom Deus Ele nãopensa como nós!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *