Institucional

Um filho é como um salário!

“Sim, os filhos são herança do Senhor, é um salário o fruto do ventre! Como flechas na mão do guerreiro são os filhos da juventude. Feliz o homem que encheu sua aljava com elas: não ficará envergonhado diante das portas, ao litigar com seus inimigos” (Sl 126,3)

É interessante estarmos “grávidos” do 2º filho. A maioria das pessoas reagem com um: “já??”, “que corajosos!” Ou um “que loucura”. Mesmo os mais próximos acabam se traindo e dizendo algo semelhante a isso. Se eu fico chateado? Na verdade, não esperaria uma reação diferente disso. Confesso que eu mesmo me pego pensando isso uma hora ou outra.
Mas não é esse o problema. Somos filhos dessa “geração” que acha que um filho é “caro”, que educar é “difícil”, que na “época dos nossos pais era diferente”. Somos filhos dessa geração que tem medo do futuro, das consequências da vida, etc.
Mas aí eu leio esse salmo e vejo que a mentalidade de Deus é exatamente o contrário: um filho é como um “salário”! É como flechas numa aljava! Meu Deus, que maravilha!!!
Sim, fomos abençoados com nosso 2º filhote! Sim, temos consciência dos desafios que teremos. Temos consciência de que talvez não tenhamos condições de dar “tudo do bom e do melhor”, que talvez tenhamos que escolher um “colégio mais barato” quando vierem outros filhos (se Deus quiser virão!). Sabemos que vamos nos “empobrecer”, etc, etc.

Mas sabe de uma coisa? Que assim seja! Um filho é um salário! Então eu quero ser muito rico! Ter vários! Um filho é como flecha! Que minha aljava esteja cheia delas! E se para isso eu precisar me esforçar mais, trabalhar mais, ficar “mais pobre”, que fique mil vezes! Nossos filhos não precisam de “tudo de melhor”, nem dos “melhores colégios”, muito menos de uma mesada gorda! Ou mesmo que “não lhes falte nada”. Nossos filhos precisam de nosso amor, nossa dedicação e, sobretudo, de aprenderem conosco a confiarem e a amarem a Deus, Senhor de todas as coisas e nosso Pai!

Tobias Cortez

Consagrado Aliança – Shalom Fortaleza


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *