Formação

Um Natal sem Jesus? Cuidado!

comshalom

Um Natal sem a presença de Deus que veio estar conosco só pode serum Natal sem graça, mas mesmo os descrentes ainda participam dasmigalhas da festa da fé. Dizem que o Natal deste ano vai ser bom, commais dinheiro na praça e comes e bebes mais em conta.

São as pequenas alegrias da superficialidade de ver a felicidade nafacilidade de ter mais. No comércio já é Natal, o Natal de presentes,de luzes e enfeites pendurados em árvores de plástico, de um Papai Noelimportado da França que tomou o lugar do menino Jesus, Deus presentepara nós.

A figura do Papai Noel tem sua origem em São Nicolau, um bispo doséculo IV que levava presentes às crianças pobres. No meu tempo demenino na Suiça, no dia seis de dezembro um visitante vestido de SãoNicolau trazia pequenos presentes às crianças. Antes, um ajudante delecensurava nossas traquinagens que misteriosamente conhecia todas. NoNatal mesmo, quem mandava os presentes era o menino Jesus.

Os enfeites do natal comercial podem esconder o sentido da festapara muitos, mas também ajudam a lembrar o dia da chegada do Salvador,dia de festa para todos, até mesmo para quem festeja o aniversário semlembrar o aniversariante.

A Igreja nos convida a preparar o aniversário de Jesus com o tempodo Advento que nos faz lembrar o tempo anterior à vinda do Salvador,especialmente os dezoito séculos da história do povo eleito parapreparar o ambiente para sua chegada.

O Natal é festa de presentes, pequenos gestos de amor. Para lembraro maior momento da história da humanidade, o grande acontecimento damanifestação do amor de Deus que veio estar conosco, se fez presentepara nós. O presente maior é a presença. Num mundo de trevas surgiu umaluz.

A religião cristã é a religião da presença de Deus no mundo doshomens. Agora, dois mil anos depois, muitos ainda andam na escuridão,mesmo em países onde quase todos se dizem cristãos. No Brasil, no maiorpaís católico do mundo, apenas uma minoria dos católicos participa davida da Igreja. Na maioria das cidades, nem 10% dos jovens participamda missa no domingo, dia do Senhor.

Pode conferir na sua paróquia. De vinte jovens, dezoito ou dezenovenão dão valor ao encontro com Jesus e não procuram seguir seusensinamentos. Muitos deles preferem festas com bebidas e drogas piores.Procuram os prazeres da promiscuidade. Numa cidade onde fui párocohavia mais jovens no brega do sábado que na Missa do domingo. Que tipode família vão construir? Que tipo de sociedade?

Sem a firmeza da fé, muitos ficam presas fáceis de traficantes ,estragam seu futuro e deixam de fazer a sua parte na construção de ummundo melhor.

Mais vale acender uma vela que ficar a queixar-se das trevas. Omundo está cheio de pessoas que perdem tempo com reclamações contra osoutros. Faltam jovens que tenham a coragem de viver pessoalmente o quepregam aos outros. Só teremos um Brasil melhor com brasileirosmelhores. O mundo só será melhor com homens e mulheres melhores.

O problema maior está na falta de formação cristã. Falta deconhecimento dos fundamentos racionais da fé. Aí está a sua missão,jovem cristão: Fazer brilhar a luz de Cristo para quem ainda caminhanas trevas. Ajudar a amar a Deus acima de tudo e amar o próximo como asi mesmo.

Como dizer isso a pessoas que não têm certeza nem sobre a existênciade Deus, criador de todas as coisas? Não sabem que a família humana é aobra prima do Criador que nos colocou no mundo para cuidar da sua obra.

A fé não é apenas questão de razão, mas não é contra a razão. Nestemundo de ciência e tecnologia precisamos superar as contradições entrefé e razão, entre religião cristã e ciência. Missão não é questão depropaganda, mas a missão dos cristãos é fazer que a mensagem de Jesuspossa ser conhecida por todos que desejam viver na verdade.

Temos argumentos e devemos usá-los, mas o que conta mesmo é oexemplo. “Nisto todos poderão saber que sois meus discípulos, se vosamardes uns aos outros.” Jesus é a luz do mundo e quer que você seja.

Desde já desejo um Feliz Natal para você que é chamado a fazer brilhar a sua luz num mundo de trevas.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *