Institucional

Uma virada radical de 180 graus

comshalom
Créditos: Renato Alves

                O segundo dia do 180 Graus Fest, promovido pela Comunidade Católica Shalom, foi iniciado com a celebração da Eucaristia e adoração ao Santíssimo, neste domingo, 15, no Cais da Alfândega.

                Durante a Missa, em um momento de profunda oração e acolhimento foi lembrado aos fiéis que não deixassem a graça do evento passar. “Deus diz para nós que o 180 graus é o momento de retornarmos para Ele”, proclamou Marcos José, responsável local da Comunidade Shalom em Recife. Após a Eucaristia foi iniciada a adoração ao Santíssimo, que seguiu em procissão para o Espaço da Misericórdia, destinado a confissão, aconselhamento e oração.

                Com o propósito de proporcionar uma mudança de vida aos jovens, a banda São Francisco foi a primeira atração do dia, levando alegria e momentos de forte oração ao público. “Viemos aqui para fazer com que essa juventude tenha verdadeiramente uma virada radical em suas vidas”, exortou Diogo César, vocalista da banda São Francisco.

                Boa Nova subiu ao palco fazendo o anúncio do Espírito Santo. Com músicas e orações, Hamilton Apolônio, fundador da Comunidade Boa Nova, proporcionou ao público uma experiência transformadora. “Viemos aqui para proporcionar a experiência do batismo e da efusão no Espírito Santo”, proclamou.

                Penúltima apresentação, Cosme levou alegria e muita dança para o festival. Com seu ritmo contagiante, ensinou a platéia os passos das suas principais músicas, dando um testemunho de vida e alegria em Cristo.

                O encerramento do festival ficou por conta de Missionário Shalom, uma das bandas mais esperadas, que fez agitou o público e incentivou os jovens a acreditarem que é possível mudar. “A grande novidade é aquilo que Deus deseja realizar nas pessoas, a experiência verdadeira com Jesus Cristo. É preciso que os jovens acreditem que é possível fazer essa virada de 180 graus”, disse Rafael Morel, um dos vocalistas.

                Em um momento de profunda oração as pessoas rezaram umas pelas outras e Deus se manifestou, libertando corações, curando traumas e libertando pessoas que estavam perdidas. Além das músicas conhecidas da banda, Missionário trouxe a cantora Ana Gabriela que fez uma participação especial.

Durante os dois dias, o público vivenciou muitas experiências. “O momento mais importante foi o da adoração, só quem está aqui que pode sentir, não tem como descrever”, Welberton. “Esse evento foi muito importante pra gente sentir o amor de Deus, reacendeu a chama do Espírito Santo em nós”, Neto. Para Mariana, o evento foi importante para se reencontrar com Jesus: “Momento de muita espiritualidade para retornar para Jesus”.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *