Formação

Vida reconciliada

comshalom

A parábola do Pai Misercordioso é um retrato fiel damisericórdia de Deus, como são também outras passagens, mas, aqui, Jesusexplicita, de maneira perfeita, o perdão divino. Os cristãos se reúnem paracelebrar a fé e a caminhada rumo à liberdade e à vida, tendo Deus como líder eautor da vida em plenitude para todos. Ele não nos rejeita por sermospecadores. Ao contrário, procura-nos incansavelmente para conosco celebrar obanquete festivo da fraternidade. A Eucaristia é a celebração do amor de Deusem nossa vida: “Esse homem acolhe pecadores e come com eles!” Mais ainda: Jesusnos acolhe em sua casa e se entrega a nós.

 Entretanto, a Eucaristia não cessa de apontar as idolatriase os farisaísmos dos cristãos: o fato de comungarmos o corpo do Senhor não noscoloca acima dos outros. Se nos consideramos melhores, certamente Jesus armarásua tenda fora de nossas igrejas e comunidades. Nós não somos os noventa e novejustos que não precisam de conversão. Somos a ovelha extraviada e a moedaperdida. E, talvez, sejamos também “o filho mais velho”, que ainda nãocompreendeu o amor preferencial do Pai pelos marginalizados e pecadores.

 São Paulo nos lembra que devemos professar a fé em Cristo,que veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais nós somos os primeiros.

 O amor de Deus, como o do pai na parábola do PaiMisericordioso, possibilita nossa volta a Ele. Deus nos ama sem condições eresponde com amor ao nosso desamor. Entender esse amor faz-nos perceber queperdemos nosso tempo e nossa vida quando estamos distantes d’Ele. Perder Deus éperder a vida e o sentido de tudo; é ficar na lama, no vazio, na solidão.

 Há sempre festa na casa do Pai quando algum pecador seconverte. E há também uma desproporção incalculável entre Deus e o pecado,entre o que “vemos” em Deus e sua atitude de Pai que acolhe o perdão.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *