Institucional

Vigília reúne jovens em intercessão pelos 25 anos do PJJ

20140501_044724“A cidade de Fortaleza precisa da sua santidade” declarou o missionário da Comunidade de Vida Shalo João Bala aos jovens na Vigília do Projeto Juventude para Jesus (PJJ), que ocorreu na madrugada de 1º de maio. Os jovens, membros da Obra e da Comunidade Shalom, de vários bairros de Fortaleza participaram da vigília. A pregação de João Bala foi baseada na reflexão do Papa Francisco sobre a passagem de Mateus 28, 1-20.

“A Galileia é o ponto de encontro do amor”, “Foi na Galileia que Jesus viveu a sua juventude”, “Deus sempre vai nos pedindo para voltar para a Galileia” e “Voltar não quer dizer regredir, quer dizer reviver o primeiro amor”. Com essas declarações, o missionário conduziu sua partilha. Ele falou ainda das suas experiências com o Projeto Juventude e lembrou os milagres de Deus nos acampamentos Shalom (Acamp’s) dos quais participou. “Deus me salva pela vida de vocês”, afirmou.

Além da pregação, os jovens participaram de momentos de oração em que celebraram a ressurreição de Cristo e intercederam pelos jovens de toda a cidade de Fortaleza. Para o jovem Luiz Marques, a vigília “foi o momento em que pude relembrar o chamado e o amor de Deus por mim e, hoje, dar um verdadeiro sim”. Luana Mota ressaltou que, na vigília, Deus deu aos jovens “a graça da conversão à radicalidade evangélica”. A jovem participa de um Grupo de Oração do PJJ no Shalom da Paz. Ela ainda afirma que “vale a pena ser de Deus”.

Paulo Henrique, coordenador do PJJ de Fortaleza, apresentou durante a vigília a programação do aniversário do Projeto Juventude que se inicia no dia 17 de maio. Segundo o coordenador, os jovens participarão da Celebração Eucarística em ação de graças pelo projeto no retiro da Comunidade de Vida e da Comunidade de Aliança de Fortaleza. “Será uma oportunidade de aproximar os jovens da Comunidade e a Comunidade dos jovens”, ressaltou Paulo Henrique.

Por Jonas Viana


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *