Formação

Virgem de Guadalupe: mãe dos astecas

Os índios astecas diante da imagem da Virgem de Guadalupe souberam reconhecer vários sinais da sua cultura

comshalom

Era o início da evangelização na América e a Igreja passava por sérias dificuldades, mediante aos inúmeros sacrifícios de vidas humanas que os índios astecas ofertavam aos deuses. Foi quando a Virgem de Guadalupe apareceu no México em 1531, ao índio asteca Juan Diego  deixando estampada sua belíssima imagem no poncho do próprio índio. Com esse milagre, os índios astecas diante da imagem da Virgem, souberam reconhecer vários sinais da sua cultura nos detalhes e formas do desenho, o que foi decisivo para que a conversão daquele povo acontecesse em massa.

Neste infográfico que o comshalom preparou para você, podemos perceber que a Virgem Maria de Guadalupe, hoje padroeira da América Latina, com pressa e sabedoria divina em socorrer aquele povo, soube como Mãe também dos índios, se deter aos mais preciosos detalhes da cultura asteca. Confira!

 

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *