Institucional

Você é inteiramente de Deus?

comshalom

Você é inteiramente de Deus? Tente responder essa pergunta observando todas as áreas da sua vida. Família, estudos, trabalho, namoro, amizades, planos futuros, lazer, férias, cuidados com a saúde e o corpo. Enfim, Deus é o senhor de tua vida em todas essas áreas ou apenas em algumas? Por exemplo, curtir um Carnaval ou escolher um programa de tevê são decisões submetidas a vontade de Deus?

Submeter-se ao senhorio de Jesus passa pela graça da obediência. Esta compreensão foi o foco da pregação do Seminário de Vida no Espírito Santo, desta segunda-feira, no Reviver Rio 2014. Em pequenas coisas, vamos ferindo o coração de Cristo: novelas, reality shows até a participação em seitas e falsas doutrinas. Tudo isso é fruto de desobediência. E retira a primazia de Deus da sua vida.
O missionário Eriton Ramos relembra os nomes de Maria Madalena e Paulo de Tarso. Eles tinham feridas que foram transformadas após a experiência com Deus. Maria Madalena encontrou o amor em Jesus. Ela foi curada em sua afetividade. Paulo perseguia os cristãos. Seguia a lei e não aceitava a Igreja nascente. Paulo passou de perseguidos a evangelizador. 

Na sua experiência com Deus, a misericórdia vem transformar todas as realidades. Deus não se dá por pedaços, mas por inteiro se entregou por nós. É esta a medida que Ele nos chama a amá-lo.Ele quer entrar em todas as áreas da sua vida.
Ao ser o centro sua da vida, Jesus ordena o caos que está a volta. Ele deve ser o centro da vida, do trabalho, da família, da afetividade, da sexualidade. E diante das desobediências, das fraquezas humanas,o Inimigo seduz pelo relativismo, pelas seitas fáceis, pelo hedonismo, consumismo.

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *