Formação

Você sabe quais são os dias de preceito na Igreja Católica?

Nestes dias, é obrigatória para todo fiel católico a participação na Santa Missa.

comshalom

O calendário litúrgico da Igreja Católica é válido para todos os países, mas as Conferências Episcopais podem mover algumas datas de acordo com a realidade local. O objetivo é facilitar o cumprimento dos dias de preceito, também chamados de dias santos de guarda.

Nos dias de preceito, é obrigatória para todo fiel católico a participação na Santa Missa.

Dias de preceito na Igreja

1 – Todos os domingos do ano são dias de preceito.

2 – Várias datas de preceito na Igreja já caem normalmente em domingos, como o Domingo de Ramos, o Domingo de Páscoa, o Domingo de Pentecostes, o Domingo da Santíssima Trindade.

3 – Os dias de preceito que podem não cair em domingo são os seguintes:

    • A Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus, em 1º de janeiro;
    • A Epifania do Senhor, em 5 de janeiro;
    • São José, em 19 de março;
    • A Ascensão de Jesus ao Céu, na quinta-feira da 6ª semana da Páscoa;
    • Corpus Christi, na quinta-feira após a oitava de Pentecostes;
    • São Pedro e São Paulo, em 29 de junho;
    • A Assunção de Nossa Senhora, em 15 de agosto;
    • Todos os Santos, em 1º de novembro;
    • A Imaculada Conceição de Nossa Senhora, no dia 8 de dezembro;
    • O Natal, em 25 de dezembro.

Mas fique atento: conforme já dito, mesmo algumas das celebrações sujeitas a cair em dias da semana podem ser movidas para o domingo seguinte, conforme as orientações específicas da Conferência Episcopal de cada país.

Leia também|Entenda a diferença entre Solenidade, Festa e Memória

“Guardar os domingos e festas de guarda”. Este é o terceiro mandamento da Lei de Deus, que orienta os cristãos católicos, guardarem dias especiais em celebração ao Mistério Pascal de Jesus. Este mandamento está diretamente ligado à uma orientação das Leis Canônicas que são os Dias de Preceito, ou Dias de Guarda, dentro do Calendário Litúrgico da Igreja e servem para orientar os cristãos para os dias dedicados especialmente a Deus.

São os dias em que todos os cristãos, que não estão impedidos por força maior, precisam participar no culto a Deus na Liturgia Eucarística, devendo observar o terceiro mandamento de Deus como um todo, que significa o devido descanso, à atenção a família e o culto a Deus.

Um Dia de Preceito serve também para a conscientização do mistério de Cristo. Então, guardar um dia santo significa receber uma graça de Deus, que consiste em uma vida transformada e tocada pela graça de Deus.

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado.