Institucional

Wake: Vontade de gritar para o mundo onde se encontra a felicidade

 

 

Jovens que vivenciaram uma experiência transformadora contam sobre as mudanças que ocorreram em suas vidas 

Os dias de 14 a 16 de Julho podem ter sido apenas mais alguns dias comum na sua vida e na de muitas pessoas. Mas para cerca de 40 jovens, não foi isso que ocorreu. 

Foram dias em que eles se abriram para viver uma experiência nova e totalmente transformadora. A oportunidade de viver uma experiência profunda e pessoal com o Amor de Deus. Mas pera aí, que papo é esse? Do que estamos falando?  

Estamos falando do Seminário de Vida no Espírito Santo Wake! Três dias para despertar, viver experiências novas e únicas. O Wake ocorreu em um paraíso escondido bem pertinho de nós, aqui mesmo no ABC, em uma chácara de Mauá.  

Foram dias de muito Sol, mesmo com aquele friozinho noturno, em que foi possível contemplar a beleza da criação de Deus. Tudo aquilo que Ele preparou com tanto amor para cada um de nós.  

Durante o Wake, os jovens descobriram que o amor de Deus é pessoal, apaixonado, misericordioso, eterno, paciente e gratuito! Um amor único, que vai além da nossa compreensão humana.  

Voltado para aqueles que gostam de artes, o Wake foi a oportunidade de descobrir novos talentos, sair da zona de conforto e se aventurar em novas atividades. 

Rolaram várias oficinas para agitar a galera e revelar aqueles talentos que muitas vezes ficam escondidos. Os jovens se dividiram entre oficinas de teatro, dança e música e ao final do encontro puderam realizar uma linda apresentação fruto de tudo o que viveram durante aqueles dias.  

Foi a oportunidade ideal também para conhecer de forma mais profunda esse amor de Deus, reconhecer as próprias fraquezas e limitações que nos aproximam cada vez mais da misericórdia do Pai. Que está sempre pronto a nos perdoar e a nos ajudar a recomeçar. 

 

  Testemunhos 

 

A estudante de marketing Bianca Gregório, de 22 anos, participou do Wake do ano passado depois de muita insistência de sua irmã mais velha. Após a experiência ela ingressou na Obra da missão de Santo André e hoje é vocacionada da Comunidade. 

Neste ano, Bianca esteve à frente da intercessão do Wake e nos contou um pouco sobre como foi para ela servir no evento que a trouxe para a Comunidade. “O Wake me fez entender que Deus tinha algo específico para mim e eu não seria feliz longe disso, só essa realização me completaria e me daria sentido. Foi quando eu descobri que o Shalom era essa vontade de Deus pra mim. Dar tudo por Deus é a única coisa que preenche o coração”.  

Ela ainda completou dizendo: “para mim foi uma certeza que vale a pena, que a oferta vale a pena, que o carisma vale a pena, se entregar pela evangelização vale a pena por ver cada jovem sair de lá do mesmo jeito que eu sai do meu Wake e saber que eu fiz parte disso me completa o coração. Dar de graça o que de graça eu recebi o tem nada que pague ver a transformação dos jovens”.  

Para Thais Santina, de 20 anos, o Wake “foi a confirmação do amor de Deus na minha vida. Hoje me sinto mais preparada para seguir o caminho que Deus tem pra mim, através da oração, confissão e a Eucarístia. 

Impulsionados por essa alegria e amor inflamado nos corações, os jovens irão se reunir hoje, 22, para o reencontro e partilhar sobre essa fase que se inicia nesta noite. Porque o Wake começa agora! 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *