Institucional

Walmir Alencar fala sobre participação na Paixão de Cristo

20160324113518Além de partilhar a expectativa para apresentação, o cantor da banda Adoração e Vida contou como vive o Tríduo Pascal e o tempo de Páscoa.  Walmir Alencar conversou com Jonas Viana, repórter do ComShalom Fortaleza, pouco antes de entrar no palco. A Paixão de Cristo, organizada pela Comunidade Shalom, foi apresentada ontem, 23, no Ginásio Paulo Sarasate, e reuniu mais de 8 mil pessoas de acordo com a organização

Qual a expectativa para a apresentação dessa noite?

Walmir: A expectativa é a mais sincera que eu poderia ter. Ontem, no ensaio, eu abri a boca e comecei a chorar. Só no ensaio já derramei lágrimas. Então, você imagina o momento ali com o povo de Deus, bebendo toda essa graça. Nesse caminho [Caminho de Cristo] me colocaram logo no momento em que Jesus dá a vida por nós na Cruz. Esse é um momento muito forte para mim. Só de ti contar um pouquinho eu já fico emocionado. Deus vai fazer maravilhas em meu coração.

Como você vive esse tempo de Páscoa?

Walmir: Eu vivo intensamente esse momento da Páscoa. Eu estou dizendo de uma maneira bem particular eu lá. Eu nunca respondi sobre isso em uma entrevista. Mas o interessante é dizer essa palavra: intimidade. Eu vivo muito esse momento da Semana Santa, do Tríduo Pascal. Eu gosto muito, principalmente, do Tríduo, de participar do primeiro momento e vivenciar tudo. Inclusive, eu tenho a oportunidade de, na Semana Santa, como os músicos não têm muitos eventos nem muitas coisas nesse tempo, de sair e me retirar. A gente vai para a casa de amigos, até em outras cidades, como Belo Horizonte, e vive tudo com a Igreja, em uma determinada paróquia. É muito importante se retirar. A gente sabe que essa é a Semana Maior. Todo o mistério da nossa fé está nessa semana, desde a instituição da Eucaristia à Ressurreição de Cristo. O sentimento que tenho é como se fosse um caminho traçado.

Para você esse tempo é um caminho, o que dizer para aqueles que se encontram desanimados?

Walmir: Jesus veio e participou de todas as nossas dores, mas, ao mesmo tempo, ele participou de todas as nossas alegrias com a ressurreição. A Cruz não é o fim! Aquele que está desesperado tem essa mensagem: nós vamos alcançar aquilo que Cristo alcançou. Ele disse que nós teríamos aquilo que Ele teve e muito mais. Quem desistiu antes da cruz perdeu tudo isso. A Páscoa para mim é um tempo de esperança. A Alegria do Senhor é nossa força. “Eu estarei convosco todos os dias e vos darei essa força”.

O artista ainda comentou sobre a festa de Pentecostes, destacando que ela, assim como a Cruz, também não é o fim. É, na verdade, o momento de partir em missão, auxiliado pelo Espírito Santo. Ao final da entrevista, Walmir Alencar aproveitou para “deixar um grande abraço a todos os nossos queridos amigos que acompanham a comunidade”. Confira o vídeo do momento em que Walmir Alencar faz a participação na Paixão de Cristo.

Por Jonas Viana

 

Confira o vídeo [Espetáculo A Paixão de Cristo]


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *