Notícias

Arcebispo de Miami reza por vítimas de tiroteio em escola da Flórida

O Arcebispo assinalou que essa tragédia ocorreu na Quarta-feira de Cinzas, quando começa o tempo de Quaresma, “que nos chama à penitência e conversão”.

comshalom

O Arcebispo de Miami (Estados Unidos), Dom Thomas Wenski, expressou sua tristeza pela morte de 17 pessoas devido ao tiroteio em uma escola secundária de Parkland, no estado da Flórida; e exortou a população a permanecer forte e determinada a resistir ao mal em todas as suas manifestações.

Às 14h de quarta-feira, 14 de fevereiro, um jovem atirou nos estudantes da escola secundária Marjory Stoneman Douglas, em Parkland, Flórida. Além dos falecidos, este ataque deixou entre 14 e 18 pessoas feridas, de acordo com Scott Israel, xerife do condado de Broward.

A polícia prendeu um suspeito identificado como Nikolas Cruz, um ex-aluno de 19 anos, que supostamente foi expulso dessa escola por mau comportamento.

Através de um comunicado, o Prelado manifestou sua “grande tristeza” e ofereceu as suas orações “e as de toda a comunidade católica pelas vítimas desta tragédia sem sentido”.

“Rezamos pelos falecidos e feridos, pelas suas famílias e entes queridos”, pelas pessoas que ajudam as vítimas e “por toda a nossa comunidade no sul da Flórida”.

Dom Wenski observou que “todos nós ficamos compreensivelmente indignados quando crianças inocentes são vítimas de uma violência sem sentido”.

Entretanto, indicou, mesmo que ainda se esteja começando saber sobre “as terríveis dimensões desta tragédia, devemos nos unir como comunidade a fim de nos apoiarmos mutuamente neste momento de dor”.

O Arcebispo assinalou que essa tragédia ocorreu na Quarta-feira de Cinzas, quando começa o tempo de Quaresma, “que nos chama à penitência e conversão”.

“Com a ajuda de Deus, podemos permanecer fortes e decididos a resistir ao mal em todas as suas manifestações”, assegurou o Prelado e também pediu a Deus que cure as feridas deixadas nos corações e “console as pessoas que se lamentam quando enfrentamos novamente como nação outro ato de violência sem sentido e um mal horrível”.

Por sua parte, o presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB), Cardeal Daniel DiNardo, afirmou que os bispos norte-americanos estão “profundamente entristecidos” pela tragédia que ocorreu na Flórida e pedem que a misericórdia de Deus console as famílias dos feridos e falecidos.

“Também rezo pela unidade na busca de construir uma sociedade com menos tragédias causadas pela violência sem sentido das armas de fogo. Nossa esperança está no Senhor, como prometeu depois da sua ressurreição: ‘Eis que estarei convosco todos os dias, até o fim dos tempos’”, expressou.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *