Shalom

Balanço de Sexta-Feira

comshalom

“Em tuas mãos eu entrego o meu espírito.” No grito último de Jesus se encontra toda a entrega, o ato de amor dado sobre o madeiro.
O silêncio que reinou há mais de dois séculos reinou ontem, sexta-feira, e que se estende até este sábado fechou o primeiro dia do nosso Retiro de Semana Santa.
Ontem, toda a reflexão da manhã nos preparou para este momento de silêncio, onde o nosso olhar se comunica com o de Maria: um olhar desolado. Mas este sentimento é especialmente vivido pela Igreja não como uma derrota, mas uma preparação necessária para a grande vitória.
Essa vitória, essa oferta de amor, porém, não esqueçamos se dá por meio da cruz. Na Via Sacra encenada em toda a Igreja vemos o quanto o sangue falso passado sobre o corpo dos vários “Jesus” nos toca, nos angustia. E nós silenciamos, mas silenciemos no amor.
A Via Sacra do Amor Esponsal encenada pelo nosso ministério de Arte nos introduziu a este amor, que infelizmente, é pouco notado em meio a dor e o silêncio. A cada estação, um gesto, um olhar, representava o Emanuel, aliás, tudo era Cristo, tudo era amor e aos poucos silêncio. Profundo silêncio que marcou a cabeça baixa de um Jesus que morre para a vida, que desce a mansão dos mortos para voltar à direita do Pai.
Silêncio. Remanso que dura até a segura ressurreição. Confiemos. Neste sábado tem mais retiro, aliás, já está rolando. Não perca tempo e venha logo!
Boa Semana Santa! Shalom!
foto1


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *