Igreja

Benigna Cardoso da Silva próxima Beata brasileira

O Papa Francisco autorizou a promulgação dos Decretos para 5 novos Beatos. Entre eles a brasileira Benigna Cardoso da Silva, nascida em Cariri no Ceará em 1928, que morreu mártir, considerada heroína da castidade

comshalom

O Santo Padre recebeu em audiência, no dia 2 de outubro no Vaticano, o Cardeal Angelo Becciu, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos. Na Audiência, o Papa autorizou a Congregação a promulgar os Decretos concernentes a cinco novos Beatos para a Igreja e o reconhecimento das virtudes heróicas de 3 novos Servos de Deus.

Beata brasileira

Entre os novos beatos a brasileira Benigna Cardoso da Silva, leiga, nascida em 15 de outubro de 1928 em Santana do Cariri (Ceará) que morreu mártir em 24 de outubro de 1941. Benigna é considerada “Heroína da Castidade”. O pároco Pe. Cristiano Coelho Rodrigues, que fora mentor espiritual da jovem, foi grande incentivador da devoção a ela. Ao tempo do assassinato, ele escreveu a seguinte nota ao lado do registro de batismo de Benigna: “Morreu martirizada, às 4 horas da tarde, no dia 24 de outubro de 1941, no sitio Oiti. Heroína da Castidade, que sua santa alma converta a freguesia e sirva de proteção às crianças e às famílias da Paróquia. São os votos que faço à nossa santinha”.

Entre os próximos novos Beatos, encontra-se também, com o reconhecimento do milagre atribuído à sua intercessão, o cardeal Stefan Wyszyński, Arcebispo Metropolitano de Gniezno e Varsóvia, Primaz da Polônia; nascido em Zuzela a 3 de agosto de 1901 e falecido em 28 de maio de 1981 em Varsóvia. O cardeal foi um defensor da fé durante o regime comunista polonês.

– Francesco Mottola, italiano, Sacerdote diocesano, Fundador do Instituto Secular das Oblatas do Sagrado Coração (1901-1969);

– Alessandra Sabattini, italiana, leiga; nascida em Riccione (Itália), da Comunidade Papa João XXIII (1961-1984).

– Juan Roig y Diggle, mártir, espanhol, leigo; nascido em 12 de maio de 1917 em Barcelona (Espanha) e morto na noite entre 11 e 12 de setembro de 1936 em Gramanet.

Servos de Deus

Enquanto que os três novos Servos de Deus com o reconhecimento das virtudes heróicas são:

Augusto Cesare Bertazzoni, italiano, Arcebispo titular de Temuniana, ex Bispo de Potenza e Marsico (1876-1972);

Jean Louis Querbes, francês de Lyon, Sacerdote, Fundador da Congregação dos Clérigos Paroquiais ou Catequistas de São Viatore (1793-1859);

Maria Francisco do Menino Jesus (nascida Maria Natividad Sánchez Villoria), espanhola, Monja professa da Ordem de Santa Clara; nascida em Fuenteguinaldo (1905-1991).


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *