Shalom

Carta de uma mãe de primeira viagem a sua mãe

Foi aí mãe, no teu colo, que o amor nasceu. Foi no teu abraço que descobri que tudo passa, até mesmo esse tempo que hoje nos separa.

comshalom

Natal, 10 de maio de 2020

Mainha,

A pouco tempo estou desbravando esse mundo maternal, descobri há 3 semanas que me tornei o lar/abrigo do seu/sua neto(a,) e ao mesmo tempo que veio uma explosão de felicidade, a notícia trouxe medos que nunca senti antes, medo da maternidade. Esse tempo que nos separa não nos permite partilhar com o olhar, com choros e sorrisos eloquentes, mas quero, por meio desta carta, mostrar meu amor sincero.

Mãe, eu tenho pensado muito em você nos últimos dias, em nós, em tudo o que está acontecendo. Quando eu era criança, passava tanto tempo querendo crescer que nem percebia o quanto era especial tudo que a gente vivia, tudo que a senhora fazia para que eu me sentisse a pessoa mais especial do mundo, ou pelo menos, do seu mundo.

A senhora perdeu sua mãe quando tinha 10 anos e precisou perder a infância para cuidar dos seus irmãos, foi para Brasília, lugar que você ama e um dia ainda iremos lá, acredite, para cuidar dos filhos do seu patrão, voltou para Pureza/RN para cuidar novamente dos irmãos. Quando nasci, a senhora passou a viver para mim, trabalhava de madrugada como garçonete para me sustentar.

Mãe, não consigo imaginar tudo o que a senhora passou para me sustentar, para me dar o melhor e muitas vezes, sozinha. Deus nunca nos deixou faltar nada, não é mesmo? Meus looks sempre vinham das minhas primas, meus livros eram de segunda mão, meus tênis usados até surrar, hoje isso me orgulha muito e me faz confiar na providência de Deus.

Nosso relacionamento foi, por muito tempo, difícil. Não entendia o porquê do nosso relacionamento não ser como o das minhas amigas da escola, mas hoje sei que sua história de vida não foi fácil e por isso, o quão desafiante se tornou para a senhora dar um abraço, dizer que ama e essas coisas fofinhas.

Mulher do interior, guerreira, batalhadora, da roça, que passou fome e que não tinha muitas escolhas para sobreviver. Eu até que herdei um pouco dessa dificuldade, mas, por sabedoria de Deus, a senhora foi o canal da transformação na nossa casa, me levou para o Shalom forçadamente (rsrs) e lá aprendi a ser carinhosa, tem muito do seu genro nisso também.

Em alguns momentos fico te observando, refletindo suas atitudes. Mãe, não existe pessoa com o coração mais generoso que a senhora, um coração puro, que nunca se nega a ajudar absolutamente ninguém, nem os animais. É a primeira da família a oferecer seus dons, seus ouvidos e mesmo sem ter muitas palavras bonitas, você é o porto seguro da família. Mãe, você não julga as pessoas, não olha a classe social, nem cor, nada. Um coração tão inocente assim, uma pureza e uma leveza, essas são algumas virtudes que quero trazer para meu filho(a).

Quando descobri o baby, me senti realizada e completa, mas depois passei a pensar nas dores do parto, na dor da amamentação, na parte financeira, medo de não conseguir educar, de não conseguir levá-lo para Deus, de não passar amor suficiente. Mas aí mãe, lembrei da senhora, de tudo que a senhora já passou sozinha, e deu certo, porque sei que a senhora deu o seu melhor, inocentemente, sem a literatura, sem conhecimentos, você deu o seu melhor, e isso é o amor transformado em atos. Buscarei, assim como a senhora, dar o meu melhor sorriso, o meu melhor abraço, o meu melhor em tudo.      

Foi aí mãe, no teu colo, que o amor nasceu. Foi no teu abraço que descobri que tudo passa, até mesmo esse tempo que hoje nos separa. Mãe é nosso melhor abrigo. Onde a vida brota eternamente a cada instante. Refúgio das melhores lembranças. Obrigada por me apresentar esse amor incondicional que só a senhora poderia ter me dado, te amo!

Com muito amor, sua filha

Louyse Oliveira

Consagrada da Comunidade de Aliança em Natal

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *