Shalom

Com 300 mil pessoas, padre Fábio de Melo reuniu música, reflexão e amizade na arena Halleluya

Foto: Marciano Rodrigues

“Sua cara não ajuda, seu passado lhe condena, mas, hoje, eu tenho uma boa notícia para dar: Deus ainda não desistiu de você”. Com essa frase conhecida pelo público do Festival Halleluya, padre Fábio de Melo fez uma de suas reflexões na terceira noite de evento. O sacerdote, que é cantor, escritor, professor e apresentador, motivou os 300 mil participantes a deixarem Deus os tirar da beira do caminho e os colocar diante de Jesus.

 

 

Trazendo músicas que marcam a vida de jovens e adultos, padre Fábio animou a arena. Além das canções, ele aproveitou o show para evangelizar por meio de reflexões. “Tudo aquilo que o outro me diz só tem sentido se eu acredito”, iniciou um delas. Segundo o padre, o problema não é o que os outros falam, mas é a forma com que se acredita no que é dito.

É preciso reconhecer os defeitos, mas sem deixar que o inimigo de Deus roube a identidade de cada pessoa. “O destino final de Jesus sou eu e você”, enfatizou o padre. Ele explicou que é Deus quem retira da beira do caminho, lugar em que só os defeitos são vistos, e leva para diante de Jesus, lugar onde é possível encontrar o valor e a dignidade que há em cada filho de Deus.

Faz sentido o Festival Halleluya

Padre Fábio de Melo comentou que o Halleluya faz sentido para todos aqueles que se encontram sem sentido. O sacerdote ainda fez um momento voltado para todos os amigos. Após o show, houve um momento de adoração conduzido com Moysés Azevedo e Emmir Nogueira.

Jonas Viana


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *