Mundo

Deixe que Jesus responda aos seus porquês

comshalom

topicUm dos desafios do amor é encontrar as respostas aos nossos porquês dentro de nós mesmos, em diálogo com Jesus.

Muitas vezes, ao falar com as pessoas no locutório, somos bombardeadas com os porquês: por que aconteceu isso? Por que minha família passa por isso? Por que não entendo nada no meu trabalho? Por que estou passando por esta situação?

As pessoas nos perguntam essas coisas esperando encontrar a resposta que não recebem de Deus, pois Ele parece surdo diante de tantos porquês.

Segundo escuto e oro por essa pessoa, penso que toda situação incompreensível é a oportunidade que o Senhor nos dá para aprender a confiar nele. Confiar é deixar cada coisa nas mãos de Jesus e saber que Ele está cuidando disso.

Diante da irracionalidade das situações que todos nós vivemos, costumo fazer um ato de fé e de amor, e digo a Jesus:

“Senhor, não entendo nada, mas acredito que isso que me acontece está nas tuas mãos. Tu sabes por que é assim. Eu só te peço que me dês teu amor, para me preencher de ti e continuar amando em todo momento.”

Quem entrou no beco sem saída de tentar entender tudo o que acontece em sua vida, que dê marcha à ré e escolha o caminho do abandono e da confiança.

Esse caminho implica em dizer a Jesus: “Assim como estou e assim como estão todas as coisas, eu me abandono em tuas mãos e descanso em ti”.

O desafio do amor é deixar de tentar entender em sua cabeça. Busque as respostas em seu coração, em seu diálogo com Jesus.

Ele vai lhe falar por meio do seu Espírito Santo em sua própria história, dando-lhe uma paz que inundará seu coração e o motivará a continuar caminhando junto ao Senhor.

Viva para Jesus!

 

Fonte: Aleteia


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *