Notícias

Padre Rafael: A paixão pela Eucaristia me fez desejar o sacerdócio

Como sacerdote, desejo levar o próprio Cristo para todos os povos e nações. Serei sacerdote para a humanidade!

comshalom

Me chamo Padre Rafael de Araújo, tenho 32 anos, sou brasiliense e missionário da Comunidade Católica Shalom. Atualmente resido em Aquiraz, no Governo da Comunidade Shalom, Diaconia Geral. Com gratidão, partilho com vocês um pouco da minha vida nete caminho rumo ao sacerdócio.

Nascido em uma família católica, sempre participava das missas aos domingos, da catequese e dos grupos de jovens. Em 2001, aos treze anos, fiz meu primeiro retiro de jovens. Comecei a servir no altar como coroinha, e isso foi me aproximando mais do sagrado. Em 2003, com quinze anos, tive uma forte experiência com a Eucaristia, quando me questionaram se não sentia nada ao servir Jesus no altar, tendo tão próximo a mim a Eucaristia. No momento, havia respondido que não, mas na Santa Missa seguinte, ainda como coroinha, fui tomado por uma grande paixão pela Eucaristia e pelo serviço ao altar, que não sei como explicar.

No ano seguinte, na turma de Crisma, tive uma nova experiência com a Palavra de Deus, com um desejo de ler não somente por obrigação, mas de deixa-Lo entrar em meu coração e realizar Sua força transformadora. Em 2007, após tantas quedas e reconciliações na vida cristã, durante o Renascer (Retiro de Carnaval da Comunidade Shalom), na adoração ao Santíssimo, fui visitado por Deus de uma forma tão forte, que senti o Amor e a Misericórdia de Deus em minha alma. Esse Amor que não me julgava, nem me condenava por minhas fragilidades, somente me amava, me fez ter um autêntico batismo no Espírito Santo.

A partir de então me engajei no serviço, conheci melhor o Carisma e comecei a trilhar um caminho sério dentro da Comunidade Shalom. Em 2009, cursando na faculdade o último ano de Matemática, ingressei na Comunidade de Vida, deixando tudo com um desejo de doar a minha vida pela Evangelização dos jovens. Foi então que em 2010, ao participar da ordenação de 4 irmãos ao sacerdócio na Comunidade de Vida Shalom, senti em meu coração de forma mais forte que Deus também me chamava ao sacerdócio.

Um novo tempo

Ao ingressar no seminário, trilhei uma parte dos estudos em Fortaleza (CE), outra em Lugano, na Suíça. Foram momentos muito intensos, mas a força da ressurreição de Cristo a me transformar e a me sustentar fizeram de mim instrumento do Seu Amor aos homens, pois o primeiro a querer e me impulsionar ao sacerdócio foi o próprio Senhor.

Muitos foram os sinais de Deus a me conduzir neste caminho de configuração a Ele, um deles foi perceber que Deus já pensava nesse chamado antes mesmo da minha concepção; quando meu pai antes de se casar tinha pensado em ingressar no seminário, mas foi orientado pelo reitor a esperar mais. Ao iniciar o namoro, o mesmo reitor disse ao meu pai que por ter decidido constituir uma família, deveria dar a igreja 3 padres. Meus outros 2 irmãos também são consagrados da Comunidade de Vida, cumprindo assim a profecia do Reitor. Não somos 3 padres, mas 3 somos 3 vidas consagradas a Deus à serviço da Igreja.

Em 2019 fui ordenado Diácono, no dia 8 de dezembro, dia da Imaculada Conceição, 2 anos depois de ter saído ileso de um acidente de carro na Itália, dando perda total do carro, para me mostrar que a minha vida está nas mãos da Virgem Maria, que me protege em todos os momentos.

Como diácono, muitas foram as experiências fortes que tive, em cada Eucaristia, em cada Batismo, celebrando casamentos e sendo consolo aos irmãos que perderam entes queridos, reconhecendo sempre em Cristo a nossa esperança, pude constatar: essa é a minha felicidade plena!

Concluo este testemunho com o lema do meu sacerdócio; “Como o Pai me amou, eu vos amei; permanecei no meu amor” (Jo 15,9).

Desde criança, traço em meu corpo o sinal da cruz, e com a Santíssima Trindade quero viver eternamente, pois é neste amor tão generoso que o Senhor nos chama a amar toda a humanidade.

Que essa graça da minha ordenação hoje alcance a cada um de vocês, pois um padre não se ordena sozinho, ele é escolhido do meio do povo, sustentado pelas orações de uma comunidade e enviado a todos.

Que Deus vos abençoe, Shalom!

Rafael de Araújo 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Rafael, ops… Padre Rafael! Que grande alegria testemunhar que a Graça de Deus nunca foi em vão na sua vida! Bendito seja Deus por tudo! Deus te abençoe sempre é conte com minha pobre oração por você todos os dias. Shalom!