Notícias

Doe com alegria: sua contribuição pode salvar muitas vidas

Um gesto solidário de doar uma pequena quantidade do próprio sangue para salvar a vida de diversas pessoas

comshalom

A doação de sangue é ato voluntário, um gesto de solidariedade e amor, em cada doação, uma pessoa doa, no máximo, 450 ml de sangue e esse volume pode salvar a vida de até quatro pessoas. Vale destacar que, em cerca de 24 horas, o organismo já repõe a quantidade de sangue que foi doada.

O procedimento para doação de sangue é simples, rápido e totalmente seguro. Não há riscos para o doador, porque nenhum material usado na coleta do sangue é reutilizado, o que elimina qualquer possibilidade de contaminação. O sangue doado não é utilizado apenas em acidentes ou emergências. Existem diversas outras finalidades para as quais o sangue pode ser aproveitado, como emergências obstétricas e uso em pessoas com doenças hematológicas.

>> Acompanhe a Comunidade Shalom no YouTube

Generosidade e misericórdia

Segundo o Papa Francisco, “o significado da doação para o doador, para o receptor e para a sociedade, não termina em sua utilidade, pois se trata de experiências profundamente humanas e cheias de amor e altruísmo. A doação significa olhar e ir além de si mesmo, além das necessidades individuais e abrir-se com generosidade a um bem mais amplo”.

Para a médica e discípula da Comunidade de Aliança, Sara Alcântara de Carvalho, ( CREMEC 21.569) a doação de sangue é, antes de tudo, um ato de caridade. “Com um simples gesto de doação, se pode ajudar outras pessoas em diferentes contextos de enfermidade, seja a doação para um paciente que sofreu um trauma grave e necessita do sangue de forma urgente, seja a doação para pacientes com doenças crônicas que constantemente têm alterações em no hemograma, seja para pacientes que necessitam fazer grandes cirurgias e é necessário manter a bolsa de sangue como precaução. Enfim, seja a forma utilizada, você pode de forma muito simples ajudar a tantos.”

O ato de doar é olhar com misericórdia para quem mais necessita, estas práticas ampara e gera vida. A médica e também doadora,  aconselha o gesto de amor e caridade. “Caso você tenha alguma dúvida ou receio, procure um profissional que certamente te ajudará, mas não perca a oportunidade de ajudar a tantos que sofrem”, afirma.

Doar é um ato de amor

O Pontífice também fala que a doação de sangue é ” um ato simples, mas muito importante de ajuda ao próximo”. A Organização Mundial da Saúde destaca que o acesso ao sangue seguro ainda é um privilégio de poucos. Em grande parte dos países de baixa e média renda, há dificuldades em obtê-lo por existirem poucas doações, associadas à falta de equipamento para testes.

Nágela Lima, assistente social e coordenadora da Captação de Doadores do Hemoce (Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará), afirma que a doação de sangue não salva somente a vida do paciente, mas também dos familiares e amigos, “o doador ajuda a reescrever e a renovar a vida dessas pessoas que precisam de uma doação.”

A assistente ainda afirma sobre o gesto de generosidade e cidade exercida em cada doação. “O sangue não é encontrado em farmácias e laboratórios, a única forma de consegui-lo é na doação, que mostra um gesto de amor ao próximo, de solidariedade e de cidadania.”

Coronavírus e a doação de sangue

É comum os bancos de sangue pedirem ajuda a população, principalmente em datas festivas, pois é quando, geralmente, há maiores acidentes e com isso, se aumenta a necessidade do uso das bolsas de sangue. Com a pandemia, esta realidade foi ainda mais agravante.

Além dos diversos números de internações e algumas vezes, a necessidade de cirurgias, houveram as necessidades próprias costumeiras. Para auxiliar os doadores, foi incluído novos critérios de elegibilidade dos candidatos e assim medidas preventivas foram incorporadas à rotina dos postos de coleta.

Novos requisitos

Segundo o Ministério da Saúde, podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg. Além disso, é preciso apresentar documento oficial com foto. Menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis.

Em conformidade à Nota Técnica nº 4 expedida pelo Ministério da Saúde em janeiro deste ano alterou o protocolo de triagem dos candidatos, que atualmente estabelece os seguintes pré-requisitos:

· Candidatos que apresentaram diagnóstico ou suspeita de coronavírus estão aptos a doar 10 dias após a completa recuperação;
· Candidatos assintomáticos com teste positivo estão aptos a doar após 10 dias da data de realização do teste;
· Candidatos que tiveram contato com casos positivos de contaminação por coronavírus estão aptos a doar após 7 dias do último contato;
· Candidatos que fizeram isolamento voluntário ou por orientação médica estão aptos a doar após o término do tempo de indicação de isolamento;
· Profissionais de saúde estão aptos a doar, desde que estejam fazendo uso correto dos equipamentos de proteção individual.

Vacinação – De acordo com o documento, foram atualizados os prazos de doação para os candidatos que foram imunizados contra a Covid-19. Com isso, as pessoas que receberam a vacina contam com um tempo de inaptidão de:

·  48 horas após cada dose (vacina Coronavac, da Sinovac/Butantan);
·  7 dias após cada dose (vacina da Oxford/AstraZeneca/Fiocruz);
·  7 dias após cada dose (vacina da Pfizer/BioNtec/Fosun Pharma);
·  7 dias após cada dose (vacina da Janssen-Cilag);
·  7 dias após cada dose (vacina Sputinik V, da Gamaleya National Center);
·  48 horas após cada dose (vacina Covaxin, da Bharat Biotech); e
·  7 dias após cada dose (vacina da Moderna/Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas).

Um propósito concreto

Doar sangue é levar alegria aos pacientes que estão necessitados e precisam desta solidariedade. Procure de forma on-line o centro de coleta da sua cidade, cadastre-se e agende o seu horário. No Ceará você pode fazer o agendamento da sua doação de sangue [AQUI]. Sua doação pode ser um ato concreto nos próximos dias.

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado.