Formação

Eu tenho medo de me apaixonar

Quando o medo se torna algo que nos limita de avançar em experiências humanas, é preciso ter muita atenção.

comshalom

O medo é um dispositivo de segurança que muitas vezes nos impede de fazer algo que possa colocar a nossa vida em perigo. Contudo, quando o medo se torna algo que nos limita de avançar em experiências humanas, é preciso ter muita atenção. Diante dessa realidade, não são poucos os relatos de pessoas que dizem ter medo de se apaixonar.

O medo exacerbado causa insegurança. No livro Insegurança, Medo e Coragem, o autor Rafael Llano Cifuentes explica os tipos de insegurança, que muitas vezes são expressos pelo sentimento de inferioridade, inibição, ansiedade e de medo em si. Para vencer esses desafios, o autor aponta um caminho que passa pela aceitação de si, pela perda do medo de errar, pela confiança em Deus e pela abertura aos outros.

A partir desse caminho apresentado, podemos recordar o que Carmadélio Sousa, missionário da Comunidade de Aliança, diz sobre a aceitação de si. Vale ressaltar que ela está diretamente relacionada à autoestima. “Uma pessoa que possui baixa autoestima ainda não se possui por inteiro e tende a projetar sua superação na cobrança do outro, que deixa de ser dom, para ser um devedor”, afirma Carmadélio. E essa baixa autoestima acaba afetando os relacionamentos.

Leia mais | A autoestima baixa interfere em um relacionamento?

Medo de se apaixonar?

O medo não está no interessar-se por alguém, no apaixonar-se, mas em como uma pessoa se enxerga nessa situação. Se não há uma visão clara, verdadeira e autêntica sobre si, também não haverá um coração aberto em relação ao amor, tanto ao ato de se deixar amar como ao ato de amar alguém. Por isso, Cifuentes aconselha pedir, por meio da oração, a graça da coragem que vem da fé inabalável em Deus.

>> Acompanhe a Comunidade Shalom no YouTube


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *