Shalom

“Eu venci o mundo” é tema central da pregação no Retiro de Semana Santa

comshalom

Neste segundo dia do Retiro de Semana Santa, o pregador Eric Buarque, consagrado na Comunidade de Aliança da Comunidade Shalom, fala da saída de Jesus para cumprir com a vontade de Deus e reflete com os participantes a necessidade de também sairmos de nós mesmos e vivermos junto com Jesus a graça desses dias santos, em peregrinação.

Eric aprofunda os acontecimentos da sexta-feira da paixão e os últimos momentos de chegada a hora em que Jesus diz “Eu venci o mundo” (Jo 16,33), durante a última ceia com seus apóstolos, após ter lavado os pés dos discípulos e ter pedido para perseverarem no amor.

Esta vitória nas palavras de Jesus, “Eu venci o mundo”, é uma “vitória sobre o inimigo, o mal, a morte, o pecado”, exemplifica o pregador. É uma mensagem aos homens que se opõem a vontade de Deus e ao seu reino.

Referindo à flagelação de Cristo, crucifixão e descida de Jesus à mansão dos mortos, Eric questiona sobre o que fazer durante extremo perigo, ou grande tensão, ou nos últimos momentos da vida. “A gente quer falar o essencial”, diz Eric. Esse foi o testamento de Jesus, onde ele completa sua obra.

Ele ainda afirma que a nossa fé não é baseada em um discurso, em uma mensagem. A nossa fé é enraizada em um acontecimento. Deus enviou o seu filho para nos salvar, morrer e ressuscitar. Esta é a essência da nossa fé. Deus nos amou primeiro, de fato. E com sua morte surge uma nova adoração, um novo culto, um novo templo que é o próprio Jesus. A partir da sua Ressurreição inicia uma nova forma de venerar a Deus, em Espírito e em verdade. E reflete sobre o evangelho de João que faz uma analogia ao jardim da criação, que após Jesus aceitar a vontade de Deus e morrer na cruz, Jesus nos deixa um novo jardim, com a existência de um novo homem que escolheu fazer a vontade de Deus.

REFLEXÃO

Jesus diz hoje a cada um de nós: “vinde a mim”.

Existe alguma página da sua vida que precisa ser virada? Somente o amor tem a capacidade de fazer isso.  Então, onde você precisa colocar amor para por fim nas divisões que existem na sua vida, nas separações? Onde você precisa colocar amor?

Acolha esse amor em sua vida, para encontrar a felicidade na reciprocidade. A reciprocidade é o lugar que se vive para o outro. Onde se ama e se é amado. Para a Beata Chiara Lubich, no amor o que vale é amar e amar até o fim!

 

Texto: Suzana Eloia

Foto: Mateus Ferreira

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *