Igreja

Fiéis receberão bênção do dia de Santo Antônio do alto de um helicóptero

Dessa forma, a intercessão de Antônio poderá alcançar principalmente os lugares mais afetados pela pandemia na região da Itália.

Fiéis receberão bênção do dia de Santo Antônio do alto de um helicóptero

A Igreja celebra Santo Antônio neste sábado, 13 de junho. Por causa das restrições impostas pela crise sanitária, a programação precisou ser alterada em diferentes lugares. No Brasil, voluntários se muniram de máscaras e luvas para preparar os tradicionais pães de Santo Antônio que estão sendo distribuídos no interior do Rio de Janeiro.

Na Itália, depois de séculos, não terá procissão com a imagem do santo em Pádua, mas a bênção virá do alto de um helicóptero. Devotos do mundo inteiro podem se inscrever para a festa da Basílica de Santo Antônio de Pádua, inclusive enviando pedidos de intercessão que serão depositados no túmulo do santo.

Os pães de Santo Antônio no Brasil

Apesar das restrições impostas pela pandemia, a Igreja tem procurado celebrar o santo, sem perder a tradição. Segundo informações da Diocese de Campos dos Goytacazes/RJ, a Igreja Matriz Santo Antônio, em Porciúncula, noroeste fluminense, tem realizado a Trezena virtual e uma equipe de voluntários da paróquia preparou os pãezinhos, seguindo todas as normas de prevenção à Covid-19, como uso de luvas e máscaras – inclusive personalizadas com a imagem do santo.

O Pe. Thiago Linhares abençoou os pães de Santo Antônio durante missa transmitida online e, depois da celebração, ajudou na distribuição pelos bairros da cidade, sempre acompanhados da imagem do padroeiro. Já no Santuário-Basílica de Santo Antônio de Vitória, às 16h desta sexta-feira, a data será comemorada com uma live com Zé Vicente, direto do Ceará, com transmissão ao vivo, por streaming, nas plataformas oficiais do santuário. Já neste sábado (13), dia em que a Igreja celebra Santo Antônio, as missas direto da basílica serão transmitidas online às 8h e às 15h.

As celebrações direto de Pádua, na Itália

A festa de Santo Antônio, na Itália, também vai sofrer alterações neste ano. Na cidade onde ele faleceu, em 1231, em Pádua, quando tinha apenas 36 anos, o complexo da Basílica de Santo Antônio também já está promovendo a Trezena e se preparando para o sábado (13).

Além da possibilidade dos devotos seguirem as imagens de dentro do templo durante 24h, todos os dias da semana, pelo site oficial da Basílica, a comunidade católica está sendo convidada a participar da festa, junto com os Frades Franciscanos Conventuais e milhares de pessoas do mundo inteiro. A transmissão ao vivo, via streaming, das 8 missas e de grandes momentos de impacto que irão substituir a tradicional procissão, começa às 6h na Itália (1h no horário de Brasília) e termina às 22h30 (17h30 no horário de Brasília).

Enviar mensagem para depositar no túmulo

Um dos momentos mais sugestivos e aguardados para um peregrino é tocar com as próprias mãos o Túmulo de Santo Antônio que fica dentro da Basílica. Ao se registrar para a festa e com uma oração silenciosa, os próprios frades irão “levar a mão dos devotos até o santo”, explica em detalhes o portal oficial. Além disso, sempre depois de inscrito no site, já a partir desta sexta-feira (12) dá para escrever uma oração, um pedido de intercessão ou de ação de graças que os frades irão depositar sobre o túmulo do santo.

Santo Antônio em voo de helicóptero

Em mensagem divulgada nesta quinta-feira (11), o Fr. Oliviero Svanera, reitor da Pontifícia Basílica, recorda que, por causa da pandemia que “transformou como um furacão as nossas vidas”, “depois de séculos a estátua processional do santo não irá percorrer as ruas de Pádua”. Será, de fato, “a bênção do alto de um helicóptero, colocado à disposição do exército, a nos fazer sentir a presença do santo”. Dessa forma, a intercessão de Antônio poderá alcançar principalmente os lugares mais afetados pela pandemia na região.

O convite final, então, é para invocar, junto a Santo Antônio, a intercessão de Maria diante das fragilidades atuais e do risco de gerar solidão e um futuro incerto, sobretudo para os jovens: “precisamos nos perguntar como e onde sermos geradores de vida”. Hoje os jovens precisam “se apaixonar pela vida, pela verdade e pela justiça”, acrescentou o reitor, ao finalizar.

“Não basta garantir o bem-estar às novas gerações, é preciso para nós, adultos, sermos bem radicados à nossa vocação, acreditar, isto é, nós por primeiro na verdade e na justiça. Somente assim os nossos jovens podem enfrentar a angústia provocada pelo niilismo” e, através do exemplo de Antônio, acreditar além do impossível.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *