Mundo

Iraque rumo às eleições

comshalom

O bispo caldeu Dom Warduni apela aos cidadãos para irem às urnas e eleger pessoas que têm no coração o bem do país

Iraque eleiçõesRestabelecer a paz no país. Esta é a esperança de Dom Shelimon Warduni, bispo auxiliar caldeu de Bagdá, expressada poucas horas antes da abertura das urnas para as primeiras eleições presidenciais no Iraque desde a retirada das tropas norte-americanas em 2011.

“A primeira coisa, a mais importante é a paz – disse o prelado à Misna-. As novas instituições iraquianas devem se esforçar para restaurar a estabilidade e a segurança neste país que tem sido provado por anos.”

O religioso admite que “as pessoas não aguentam mais” por causa dos “ataques terroristas e da violência cotidiana”. Dom Warduni, que também é presidente da Caritas local, acrescentou: “Todos nós, líderes de igrejas e congregações religiosas insistimos com os fiéis para que eles compareçam em massa às urnas amanhã, porque este é um direito deles, e é a única maneira de fazer ouvir suas vozes”.

Voz de uma “maioria silenciosa” e inter- confessional, composta por xiitas, sunitas, cristãos, curdos e turcomanos, que juntos “querem viver em paz uns com os outros, como fizeram durante séculos e continuariam a fazer se não fossem continuamente provocados e instigados”.

O bispo condena as “forças sectárias, partidárias, que agem com base em apetites econômicos e contra o povo”. Ele acredita que é “importante eleger pessoas que agirão para o bem do país e não por quaisquer interesses individuais ou de partido”.

Não faltam desafios sociais que o novo governo deverá enfrentar. “Infraestrutura, diversificação da economia e a reorganização das forças armadas – disse o bispo caldeu -. Só para citar alguns pontos cruciais e urgentes para a reconstrução da casa destruída”.

(Trad.:MEM)
Fonte: Zenit


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *